FUNDAÇÃO SERÁ TEMA DE PROGRAMA DA RÁDIO CBN NESTE SÁBADO

O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, participa neste sábado (18), na rádio CBN Catanduva, do programa “CBN e o terceiro setor” para falar sobre a entidade e os 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. Apresentado pela jornalista Gislaine Sampaio das 9h30 às 10h00, o programa destaca o trabalho e a atuação de entidades, associações e sindicatos. Horácio Figueiredo, diretor da CBN, destacando o conteúdo jornalístico da emissora, ressalta o seu slogan - “a rádio que toca notícia”. A emissora é sintonizada no prefixo 106.9.
Fundação Padre Albino
Publicado em 16/08/2018 por Mauro Assi

PLACAS AJUDAM A CONHECER A HISTÓRIA DE ENTIDADES CRIADAS POR PADRE ALBINO

Dentro da programação comemorativa dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva, placas informativas foram instaladas nos departamentos mantidos pela Fundação Padre Albino e em entidades criadas por influência e/ou estímulo do sacerdote, com o objetivo de manter viva a memória e ressaltar a importância dele para a cidade. As placas, de 20x25cm, além de identificar os espaços, possuem tecnologia QRCode, código de barras bidimensional que pode ser facilmente escaneado por celulares equipados com câmera. Esse método leva a pessoa automaticamente para o site dos 100 anos da chegada de Padre Albino, onde é possível conhecer a história daquela entidade, numa verdadeira viagem ao tempo. Ao todo foram mais de 25 placas distribuídas. Elas estão instaladas no Hospital Padre Albino, Hospital Emílio Carlos, Museu Padre Albino, Recanto Monsenhor Albino, Padre Albino Saúde (PAS), UNIFIPA – Câmpus Sede e Câmpus São Francisco, Colégio Catanduva, Colégio Nossa Senhora do Calvário (Colegião), Coleginho, Lar Ortega-Josué, Casa da Criança Sinharinha Netto, Vila São Vicente de Paulo, Catedral Santuário Nossa Senhora Aparecida, Capela São Bento e Igreja Matriz de São Domingos.
Fundação Padre Albino
Publicado em 13/08/2018 por Mauro Assi

AÇÃO NOS BAIRROS VAI AO JARDIM ALPINO DIA 25/08

A Fundação Padre Albino, em parceria com a Prefeitura de Catanduva, realiza no próximo dia 25 de agosto, no Jardim Alpino, das9h00 às 12h00, na EMEF Prof. Nélson de Macedo Musa, o projeto “Ação nos bairros: comemorando os 100 anos com a população”. O evento promovido pelos Departamentos da Fundação e secretarias municipais visa orientar e atender gratuitamente a população, além de proporcionar atividades recreativas. Durante toda a manhã, na área da saúde oPadre Albino Saúde fará teste de visão, avaliação com nutricionista e atividades comslackline e bexigas. Os cursos de Educação Física farão avaliação física, com percentual de gordura, índice de massa corporal (IMC), relação cintura-quadril, flexibilidade e análise postural e o curso de Biomedicina fará tipagem sanguínea e teste de glicemia. Já o curso de Enfermagem vai orientar sobre a prevenção ao câncer de mama, pele e próstata. OHospital Emílio Carlos levará uma Estação de Simulação das condições físicas dos idosos, apresentando as dificuldades que acometem a terceira idade. Por fim, oHospital Padre Albino abordará a prevenção de feridas em pessoas acamadas, com orientação de profissionais da área. Além disso, o evento contará com atendimento pelo curso de Direto com esclarecimentos quanto aos direitos socioassistenciais; mini-hortas e paisagismo em espaços reduzidos pelo curso de Agronomia; “Projeto Padre Albino para crianças”, com o livro gigante, oficinas de dobradura e pintura e brincadeiras de roda pelo curso de Pedagogia, que ainda distribuirá saquinho surpresa. O curso de Administração levará consultoria empresarial (áreas financeira e marketing) e orçamento doméstico; já o Ambulatório Médico de Especialidades Catanduva – AME vai orientar sobre o não comparecimento a consultas e exames agendados. A Prefeitura também estará presente com as secretarias de Esporte, Lazer e Turismo com pintura de rosto e escultura em balões; Saúde com orientação da Equipe de Combate ao Aedes aegypti (EMCAa); Assistência Social, com atendimentos pelas equipes do CRAS; Meio Ambiente com orientação e doação de mudas e a Secretaria de Cultura com oficina de artesanato em E.V.A. A EMEF Prof. Nélson de Macedo Musa fica na Rua Cubatão, 1032, Jardim Alpino, em Catanduva.
Fundação Padre Albino
Publicado em 10/08/2018 por Mauro Assi

PÚBLICO VIBRA E ELOGIA SHOW DE EDSON E HUDSON PRÓ HCC

O show da dupla sertaneja Edson & Hudson no Clube de Tênis Catanduva dia 03 de agosto último, promovido pela Fundação Padre Albino pró HCC/Hospital de Câncer de Catanduva, foi um sucesso de público e crítica. A turnê “Eu e Você de Novo” agitou os admiradores da música sertaneja. A dupla intercalou grandes sucessos da carreira com canções inéditas e de outros intérpretes e o público cantou e vibrou. Todos saíram elogiando o espetáculo. A organização do show estima a participação de aproximadamente 1.500 pessoas, sendo que os funcionários da Fundação não pagaram ingresso. “Achei a iniciativa da Fundação maravilhosa em presentear Catanduva com um show maravilhoso e ainda em prol de uma grande e generosa causa que é o HCC.O catanduvense prestigiou e saiu satisfeito do show, organizadocom tanta maestria. Acredito que futuramente a Fundação poderia pensar em eventos desse gênero para angariar recursos e ampliar ainda mais a visibilidade do HCC, pois Catanduva é receptiva e ainda carece de eventos desse nível”, disse o jovem empresário Leonardo Mei.O presidente do Sincomércio, Ivo Pinfildi Junior, também elogiou o evento. “Gostei muito do show; me surpreendeu positivamente”. A apresentação musical teve início às 23h00, mas antes, às 21h00, foram homenageados funcionários da Fundação Padre Albino com a medalha dos 100 anos, instituída para ser entregue antes da realização do show. A escolha para o recebimento da medalha, portanto, foi feita entre os que participaram do show a partir da proporcionalidade do total de funcionários de cada Departamento da Fundação e os nomes indicados por cada gestor. Os critérios para a escolha foram tempo de serviço, assiduidade, dedicação, comprometimento, respeito e profissionalismo. A entrega da medalha seria surpresa para o funcionário, que foi informado apenas do horário de início da solenidade. No entanto, muitos não compareceram e deixaram de recebê-la. Das 100 medalhas previstas foram entregues, pelo Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, pelo Dr. Nelson Jimenes, reitor da UNIFIPA, pelo diretor Luiz Marcos Garcia e pelos conselheiros Natalin Antonio Natalício e Vanderlei Carlos Facchin, para Coordenadoria Geral/Centro de Serviços Compartilhados: Lilian Pet Hosina; Marcelo Aparecido Godoy Ruiz; Carlos Henrique Ornellas; Fernando Ruiz Cegatti; Vânia Regina Catóia Garcia e Isaias Romana. Recanto Monsenhor Albino: Edna Rodrigues dos Santos Napedri. Centro Universitário Padre Albino – UNIFIPA: Marisa Centurion Stuchi. Colégio Catanduva: Roselei Adriana Baio e Angélica Garcia Andreotti Rodrigues. Ambulatório Médico de Especialidades/AME Catanduva: Jaqueline de Cássia Brambila Juvenazzo. Hospital Padre Albino: Vitor Afonso da Silva; Luciana Maria Dias Ulian; Josiani Gabas; Izabel de Fátima Luizon; Evandro Pedro; Sebastiana Forcato; Andreia Ferraz Gomes; Alice Pedrassoli Neto. Hospital Emílio Carlos: Cleusa Staropoli; Roseli Deriguido Baldo; Margarida Vergínia Bordignon de Mello; Marilete Karen Luzia Pedreiro Biagi; Sonia Maria Fávero Portilo; Sueli Aparecida Furtado Romana; Lourdes de Fátima Ferreira de Castro; Aparecida Donizeti Pereira da Cruz Fiomano; Cássia Maria de Souza; Zilda Perpétua Prioli; Pedro Luiz Ferraz do Amaral; Kely Cristina de Souza; Francisco Favato; Nádia Barakat Kato; Luzia Eleutério da Silva e Fábio Joaquim. Padre Albino Saúde: Roseli Batista de Lima; Crislaine de Almeida Brandão Bellini e Amanda Merlei Jacob Zerbinatti. O funcionário Marcelo Ruiz agradeceu a medalha e se disse feliz por fazer parte da instituição.Amanda Jacob Zerbinatti adorou tudo: “desde a entrada, o espaço muito bom para quem ficou na pista, o som”. Segundo ela, “não tenho o que reclamar; só elogiar”. Fernando Cegatti ficou muito feliz em ser lembrado na entrega das medalhas e ressaltou o ambiente,“muito agradável”.A Profª Roselei Baio ficou lisonjeada com a premiação. “Estou na Fundação Padre Albino desde 1989 e a considerominha segunda casa. Toda conquista que tive até hoje agradeço à Fundação Padre Albino e ao Colégio Catanduva. Gostaria de compartilhar essa medalha com todas as minhas colegas de trabalho. Meu muito obrigada”. O evento fez parte da programação dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva e contou com o apoio de Fernando Pereira Produções, Ondas Verdes, Band FM, Rede Central, Banca do Rossi, Janja Modas e Padre Albino Saúde.
Fundação Padre Albino
Publicado em 10/08/2018 por Mauro Assi

ANIVERSÁRIO SOLIDÁRIO

A Srª Maria Leonilda (Nilde) Bertolo Frezza optou por comemorar seu aniversário de 80 anos de forma solidária no dia 28 de julho último, na cidade de Santa Adélia, trocando o presente por doação em dinheiro ao Hospital de Câncer de Catanduva (HCC). Neste dia 06 de agosto, acompanhada do filho Marcos Frezza e de Carla Formigoni, do grupo Voluntárias do Bem daquela cidade, D. Nilde entregou ao presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, o depósito de R$ 10 mil arrecadados no seu aniversário solidário. Dr. Amarante agradeceu a atitude e disse que a doação vai ajudar diretamente quem não tem condições de arcar com o tratamento.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 06/08/2018 por Mauro Assi

EDSON E HUDSON FAZEM SHOW NESTA SEXTA NO TÊNIS PRÓ HCC

Acontece nesta sexta-feira (03) o show da dupla sertaneja Edson & Hudson no Clube de Tênis Catanduva, promovido pela Fundação Padre Albino pró HCC/Hospital de Câncer de Catanduva. A apresentação musical terá início às 23h00 com venda de ingressos no valor de 50 reais somente na portaria do clube. Antes do show, às 21h00, a Fundação irá homenagear 100 funcionários com entrega de medalhas. A apresentação da turnê “Eu e Você de Novo” promete agitar os amantes da música sertaneja de Catanduva e região. Com mais de 25 anos de estrada, a dupla de irmãos sertanejos de São José do Rio Pardo/SP intercala grandes sucessos da carreira com canções inéditas em suas apresentações. Entram no setlist hits como “Deixa eu Te Amar”, “Te Quero Pra Mim”, “Quero Ver Me Tirar da Sua Vida”, “Azul” e “Vá Pro Inferno Com Seu Amor”. O evento faz parte da programação dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva e conta com o apoio de Fernando Pereira Produções, Ondas Verdes, Band FM, Rede Central, Banca do Rossi, Janja Modas e Padre Albino Saúde. Nesta quinta-feira (02) ainda podem ser adquiridos ingressos nos pontos de venda. Foto: Thiago Duran
Fundação Padre Albino
Publicado em 02/08/2018 por Mauro Assi

PRESIDENTE DA FEHOSP VISITA HOSPITAIS DA FUNDAÇÃO

Dando sequência à série de visitas a Santas Casas do Estado, o presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo/FEHOSP, Edson Rogatti, visitou os hospitais Padre Albino e Emílio Carlos, mantidos pela Fundação Padre Albino, na manhã deste dia 1º de agosto, acompanhado do provedor da Santa Casa de São Bernardo do Campo e assessor do deputado federal Roberto Freire (PPS), Antônio de Pádua Chagas. No Hospital Padre Albino ele visitou as UTIs Infantil, Neonatal e Adulta, a Enfermaria do 4ºandar e as Unidades de Queimados e de Urgência e Emergência. No Hospital Emílio Carlos a visita foi na UTI, Alas Azul, Marfim e Amarela, Centro Cirúrgico, Radioterapia/HCC, Ambulatórios, Quimioterapia e por fim a Coordenadoria Geral, onde foi recebido para um café. O presidente da Diretoria Administrativa, José Carlos Rodrigues Amarante, agradeceu pela visita e disse da sua satisfação de pertencer à diretoria da FEHOSP e CMB (Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas). “Tudo o que vi e ouvi nos congressos e que não era do meu conhecimento apliquei na Fundação e sempre fiz questão que nossos funcionários também participassem”. Falando ainda da sua dívida de gratidão para com a FEHOSP, Dr. Amarante disse que hoje é um voluntário realizado. O presidente da FEHOSP, agradecendo a acolhida, afirmou que acertou ao escolher Dr. Amarante para auxiliá-lo nas duas entidades. “Amarante é parceiro, motiva a gente dando ideias e incentivando”. Rogatti disse que diretorias como a da Fundação Padre Albino são poucas. “Aqui tem gestão; a diretoria faz um trabalho modelo, é unida. Pessoas com experiência em diversas áreas contribuindo para a melhoria da entidade, sem a ajuda do Governo”. Por fim, disse que a FEHOSP e a CMB estão à disposição da Fundação. “Somos parceiros e quero ajudar muito vocês”. O presidente da FEHOSP foi acompanhado na visita ainda pelos diretores Laer Sérgio Dervelan e Joaquim Carlos Martins, pelos conselheiros José Silas Januário, Renato Centurion Stuchi, Natalin Antonio Natalício e Pedro Gonzaga da Silva Netto, pelo reitor da UNIFIPA, Nelson Jimenes, e pelos gestores dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos, Renata Rocha Bugatti e Benedito Carlos Rodrigues, respectivamente.
Fundação Padre Albino
Publicado em 01/08/2018 por Mauro Assi

SORTEADOS 16 FUNCIONÁRIOS PARA VISITA AO CAMARIM DE EDSON & HUDSON

Na manhã desta quarta-feira (01) foi realizado, no setor de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino, no Hospital Emílio Carlos, o sorteio dos nomes de funcionários que visitarão o camarim dos cantores Edson & Hudson. O show pró HCC - Hospital de Câncer de Catanduva será nesta sexta-feira (03), no Clube de Tênis Catanduva, a partir das 23h00. Antes do show, às 21h00, haverá a solenidade de entrega de 100 medalhas a funcionários da Fundação. Dois funcionários de cada departamento da Fundação foram sorteados e terão a chance de conhecer e tirar fotos com os cantores no camarim. Ao todo 16 funcionários foram contemplados. São eles: Hospital Emílio Carlos Rafaela Gomes Maciel - Quimioterapia Aldineci Bezerra Alves – Nutrição Hospital Padre Albino Natália Ap. Bitencourt - UTI Adulto José Marciano Valente – Radiologia APAS Matheus Vieira de Souza Victor Leme Benini AME - Catanduva Thais Pamella Madalena Jaqueline P. da Silva Coordenadoria Geral Maysa Magatti Bull – T.I. Ângela Maria Chuecos – Vigia Recanto Monsenhor Albino Irmã Maria do Rosário Gomes Fabiana Cotrim Alves UNIFIPA Michele da Silva Pereira Janaína Rogante Huck Colégio Catanduva Fernando Colombo Nilson M. Olivares
Fundação Padre Albino
Publicado em 01/08/2018 por Mauro Assi

DIVULGAÇÃO E VISITA À RADIOTERAPIA/HCC

Durante a SIPAT - Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, a empresa Tron, de Catanduva, recebeu no dia 26 de julho o Supervisor de Relações Institucionais da Fundação Padre Albino, Carlos Ernani Sangiorgi, que falou sobre o Hospital de Câncer de Catanduva/HCC e as ferramentas existentes para as pessoas ajudarem o projeto. Já no dia 30, o técnico de segurança do trabalho Willian Fernandes e colaboradores do Ambulatório Médico de Especialidades/AME Catanduva, sob gestão da Fundação Padre Albino, visitaram o Serviço de Radioterapia, sendo recebidos por Carlos Sangiorgi, que mostrou as instalações, explicou sobre o seu funcionamento e as formas de contribuição.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 31/07/2018 por Mauro Assi

HCC PARTICIPA DE LEILÃO DE GADO EM SÃO JOÃO DO ITAGUAÇU

O Setor de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino eopresidente da Diretoria Administrativa, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, representaram o Hospital de Câncer de Catanduva/HCC no leilão de gado pró igreja de São João de Itaguaçu, que aconteceu no dia 22 de julho. Na ocasião, três bezerros foram doados ao HCC pela Família Avanci, Família Hernandes e Família Longarini.
Fundação Padre Albino
Publicado em 23/07/2018 por Mauro Assi

FUNDAÇÃO FINALIZA SERVIÇOS NA “CASAMATA” PARA INSTALAÇÃO DO ACELERADOR LINEAR DO HCC

O Setor de Obras da Fundação Padre Albino está finalizando as instalações complementares de tubulações, fiação elétrica, piso e forro na “casamata” do Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva/HCC, onde o acelerador linear será instalado. Durante o processo de secagem da concretagem da base do acelerador linear, mais de 10 funcionários da RPA Construtora e Incorporadora Ltda. e da Fundação, entre engenheiros, eletricistas, gesseiros e pintores, estão trabalhando nos acabamentos finais da sala. O engenheiro civil da Fundação, Edegar Durigan Junior, informou que a conclusão dos ajustes da “casamata” deve terminar em 20 dias com a finalização do forro especial. Em seguida, técnicos da VarianMedical System Inc. retornam a Catanduva para a instalação do acelerador linear. Para o término total da infraestrutura do Serviço de Radioterapia falta a conclusão da instalação do acelerador linear e seus acessórios, que já estão em Catanduva, aquisição do mobiliário, paisagismo da área externa, comunicação visual, informática e estrutura metálica para interligação entre o Serviço e o Hospital Emílio Carlos.
Fundação Padre Albino
Publicado em 23/07/2018 por Mauro Assi

ATELIÊ AMOR AO PRÓXIMO DOA MANTAS PARA PACIENTES DA QUIMIOTERAPIA

O ateliê “Amor ao próximo”, constituído por voluntárias do Hospital de Câncer de Catanduva/HCC, entregou na manhã deste dia 19 de julho ao Serviço de Quimioterapia da Fundação Padre Albino 20 mantas de lã para os pacientes. Antes da entrega das mantas, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, apresentou as voluntárias, disse do trabalho que o grupo desenvolve, da chegada do acelerador linear, que em breve deverá estar instalado e em funcionamento, e que a entidade sempre apoiará qualquer causa que traga conforto ao paciente. A coordenadora do ateliê, Lourdinha Fávero, muito emocionada, falou da coincidência daquele dia ser o Dia da caridade. Disse que o projeto foi iniciado em função de uma das reações da quimioterapia, que é o frio, e conta com a colaboração de inúmeras voluntárias da comunidade que estão fazendo os quadradinhos de lã para a formação das mantas. Citando também a ajuda das alunas da Faculdade da Terceira Idade da UNIFIPA, Lourdinha ressaltou que “sempre haverá uma manta no ateliê para o paciente”. As pessoas que quiserem doar lãs ou a confecção dos quadradinhos na medida de 13x13 cm para o projeto devem entrar em contato com o Setor de Captação de Recursos da Fundação pelo fone 17 – 3311-3365.
Fundação Padre Albino
Publicado em 19/07/2018 por Mauro Assi

LANÇADA A GINCANA INTERNA QUE ENCERRA A PROGRAMAÇÃO DOS 100 ANOS DA CHEGADA DE PADRE ALBINO

A Fundação Padre Albino apresentou aos gestores de seus departamentos neste dia 18 de julho a I Gincana Socioeducativa da Solidariedade, que será realizada a partir de agosto próximo. A atividade faz parte das comemorações dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. A gincana contará com provas e desafios objetivando a promoção da solidariedade e integração dos funcionários. As inscrições deverão ser feitas junto à coordenação da Comissão Organizadora, na Coordenadoria Geral da Fundação, das 8h00 às 11h00 e das 14h00 às 16h00 de 01 a 07 de agosto. As provas, divididas em esportiva, recreativa e cultural, com participação coletiva e individual, além de torcida organizada, serão realizadas por equipes, sob o comando de líder e vice-líder. Os departamentos da Fundação serão divididos em cores, com confecção de camisetas personalizadas. O encerramento da gincana será no dia 15 de dezembro, a partir das 9h00, na confraternização de final de ano, no Centro Esportivo do Câmpus Sede da UNIFIPA (foto abaixo). A equipe vencedora receberá troféu e seus integrantes um dia de folga, além de participarem do sorteio de um brinde especial. De agosto a novembro, as equipes terão provas mensais, de caráter social, com a arrecadação de produtos de higiene e limpeza, alimentos não perecíveis, entre outros, para o HCC e hospitais Padre Albino e Emílio Carlos e Recanto Monsenhor Albino. Cada item valerá pontos pré-definidos. “O grande objetivo da gincana está na integração dos funcionários através de atividades divertidas e leves. O desenvolvimento do espírito de liderança, senso crítico e companheirismo são características estratégicas de toda e qualquer boa instituição; por isso, a Fundação Padre Albino investe e desenvolve atividades que contribuem para isso”, ressalta o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante.
Fundação Padre Albino
Publicado em 19/07/2018 por Mauro Assi

EDUCAÇÃO FÍSICA COLETA NOVELOS DE LÃ PARA VOLUNTÁRIAS DO HCC

O curso deEducação Física Licenciatura da UNIFIPAdoou,no dia 06 de julho,180 novelos de lã aoAteliê "Amor ao próximo", formado por voluntáriasdo HCC ecoordenado pela Profª Lurdinha Fávero. Os alunos promoveram campanha de arrecadação como parte do projeto de extensão Jogos Interclasses. A entrega do produto arrecadado foi feita pelos alunos Maria Sarah, Guilherme Del Ré e Ana Letícia, respectivamente da1ª, 2ª e 3ª séries, pelo docente responsável pelo projeto, Prof. Me. Fernando Varoto, e pelo coordenador do curso, Prof. Esp. José Cione Neto.
Educação Física - Licenciatura
Publicado em 11/07/2018 por Mauro Assi

HCC FIRMA PARCERIA COM PROJETO DE PERUCAS

O Hospital de Câncer de Catanduva/HCC firmou parceria com o projeto Fio da Alegria, que confecciona perucas para doação aos pacientes com câncer que necessitam de próteses capilares para melhorar a autoestima.As próteses são produzidas com mechas fornecidas pelo próprio HCC e a confecção é gratuita, possibilitada através de apoios empresariais. De acordo com a gerente de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino, Angélica Rodrigues, “para a viabilidade do projeto se faz necessária a doação de mechas de cabelo para a produção das perucas”. Mariane Cardoso Lopes de Oliveira, fundadora do projeto Fio da Alegria, contou que o objetivo é contribuir com o tratamento do paciente junto ao hospital. “Conhecemos a realidade dos pacientes de perto, pois tivemos casos na família e foi através disso que buscamos uma forma de ajudar e queremos oferecer a possibilidade de enfrentar os momentos mais difíceis de nossas vidas com Fios de Alegria”. Para conhecer mais sobre o projeto Fio da Alegria acessewww.facebook.com/fiodaalegria
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 05/07/2018 por Mauro Assi

HCC RECEBE DOAÇÃO DE GADO NO LEILÃO DE ROBERTO

OHospital de Câncer de Catanduva/HCC participou do leilão de gado na Vila Roberto no último dia 24 de junho, a partir das 12h00, no salão paroquial. OHCC ganhou nove cabeças de gado doadas por Frutas Franchi (Renato Franchi); João Franchi; Nélson Hespanha Jr; Nenê Vidal e Luiz Roberto Vidal;Osvaldo Dela Libera,Eduardo Galindo,Adelino Colombo,Mário Ishibashi (Usina Colombo) e um doador anônimo.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 25/06/2018 por Mauro Assi

FUNDAÇÃO PROMOVE SHOW COM EDSON E HUDSON PRÓ HCC EM AGOSTO

Evento é gratuito para funcionários da entidade; mesas e ingressos estão à venda. A Fundação Padre Albino realiza dia 03 de agosto próximo, às 23h00, no Clube de Tênis Catanduva, show com a dupla Edson e Hudson em benefício do Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. O evento, que faz parte da programação dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva, é um presente da entidade para seus funcionários, que não pagarão ingresso. Os acompanhantes dos funcionários e o público externo pagam R$ 50,00 pelo ingresso na pista e também haverá mesas para quatro pessoas, com direito a mesa de frios e jantar, bebida à parte e rolha livre. As mesas custam R$ 1.500,00; R$ 1.200,00 e R$ 1.000,00 e podem ser reservadas no Setor de Captação de Recursos da Fundação, fone 3311-3365, onde são vendidos os ingressos, também encontrados na Drogaria Central da Rua Brasil, 1910. Antes do show, às 21h00, a Fundação Padre Albino vai homenagear 100 funcionários com a “medalha dos 100 anos”. O show tem o apoio de Fernando Pereira Produções, Ondas Verdes, Band FM, Rede Central e Padre Albino Saúde. A dupla Nascidos e criados em família circense, os irmãos Cadorini tiveram grande apoio do pai, o palhaço e acrobata Beijinho, que percebeu o carisma e o talento dos filhos ainda quando crianças. Incentivados pela família, começaram a cantar desde muito novos. Inicialmente, utilizavam os pseudônimos de Pepi e Pupi e apresentavam-se em praças públicas, bares, rodeios, bailes e em circos. Acostumados desde cedo aos espetáculos e à estrada, logo adquiriram a experiência necessária para mostrar o potencial que tinham para a música. Em 1991, já como Edson & Hudson, passaram pelo show de calouros de Raul Gil, onde tiveram a grande oportunidade de serem vistos e ouvidos pelo grande público. A voz poderosa e afinada de Edson unida aos riffs de rock da guitarra de Hudson (na época nada usuais na música sertaneja) chamou logo a atenção do público e dos formadores de opinião. Essa mistura acabou se tornando o grande diferencial da dupla e marcou um estilo que revolucionou o mercado sertanejo, atraindo e influenciando uma nova geração de seguidores e artistas. Outro fato importante que ajudou a alavancar ainda mais a popularidade da dupla foi a explosão do mega hit “Azul” nas principais rádios do Brasil. Entre 1995 e 2009, os irmãos lançaram dezessete álbuns, entre CDs e DVDs de carreira e compilações, contabilizando a venda de mais de 1 milhão de discos. Também neste período, Edson & Hudson passou a figurar como atração principal dos maiores eventos de música sertaneja e rodeios, como Barretos, Jaguariúna, Americana, Osasco, entre outros, batendo consecutivamente o recorde de público de cada festa, e lançou diversos hits, como Galera Coração, Foi Deus, É Amor Demais, Fala, Guarda-Roupa Vazio, Escândalo de Amor, entre muitas outras. Em 2014 a dupla lança o CD “De Edson Para Hudson” pela gravadora Radar e em 2015 assinou contrato com a Universal Music Brasil, trazendo muitas novidades para o público, como o lançamento de um novo CD. A música “Nosso contrato”, lançada recentemente, é o grande sucesso da dupla. Foto: Edson e Hudson
Fundação Padre Albino
Publicado em 22/06/2018 por Mauro Assi

ATELIÊ AMOR AO PRÓXIMO DOA R$ 16 MIL AO HCC

Na tarde deste dia 20 de junho, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, foi ao Ateliê Amor ao próximo receber nova doação daquele grupo de voluntárias do HCC/Hospital de Câncer de Catanduva. A coordenadora Lourdinha Fávero entregou a Dr. Amarante o recibo de depósito no valor de 16.705.00. Lourdinha disse que desse total, R$ 13 mil são do ateliê, resultado da comercialização das peças de artesanato feitas pelas voluntárias, R$ 2.020,00 de produtos vendidos no leilão de gado do HCC e R$ 1.685,00 do Bazar da Bondade. Neste semestre, o ateliê já doou ao HCC R$ 26.705,00.
Fundação Padre Albino
Publicado em 21/06/2018 por Mauro Assi

BASE DO ACELERADOR LINEAR DO HCC ESTÁ CONCRETADA

Técnicos da empresa Varian Medical System Inc. e da RPA Construtora e Incorporadora Ltda, Alex Silva e João Batista Mendes Junior, acompanharam a concretagem da base onde será instalado o acelerador linear do Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. Foram usados 3.750 quilos de concreto. O engenheiro civil da Fundação Padre Albino Edegar Durigan Junior informou que agora, enquanto o concreto seca, o que demora 28 dias, será feita a instalação elétrica, o piso, o forro e o acabamento da “casa mata”, trabalho estimado para 45 dias, quando, então, técnicos da Varian retornam para a instalação do acelerador linear. O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, disse que falta a liberação de R$ 2 milhões já publicada no Diário Oficial do Estado de 07/04/18, mas ainda não creditada na conta da instituição. Para o término da infraestrutura do Serviço de Radioterapia faltam ainda os serviços complementares de instalação e acessórios para o acelerador linear, que já foi iniciado, aquisição do mobiliário, paisagismo da área externa, comunicação visual, informática eestrutura metálica para interligação entre o Serviço e o Hospital Emílio Carlos. O Serviço de Radioterapia terá capacidade para atender de 100 a 120 pacientes/dia através do SUS, convênios e particulares.
Fundação Padre Albino
Publicado em 19/06/2018 por Mauro Assi

CHÁ DO BEM PARA O HCC

A mmartan Catanduva promoveu, de 14 a 17 de março, o Chá do Bem pró HCC. Com a apresentação e venda da nova coleção de inverno foram doados 10% do valor total das compras, num montante de R$ 224,00, para o Hospital de Câncer de Catanduva. A doação foi entregue por Elisa Luchetti, que veio acompanhada pela proprietária da loja, Doroteia Luchetti, no dia 08 de junho.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 14/06/2018 por Mauro Assi

CAPTÔMETRO

A Fundação Padre Albino precisa captar R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) para terminar o Serviço de Radioterapia, que propiciará a instalação do Hospital de Câncer de Catanduva. Confira o que foi arrecadado até 31/05/18: Eventos e doações......................................... R$ 1.982.558,41 Doações através do site............ R$ 38.405,43 Doações através do 0500 (2016 e 2017) R$ 3.205,00 Doações através da conta de energia elétrica R$ 288.654,00 Telemarketing R$ 1.557.511,60 Cofre HCC R$ 13.321,00 Nota Fiscal R$ 324.635,89 Total R$ 4.208.291,33 Faltam R$ 791.708,67
Fundação Padre Albino
Publicado em 12/06/2018 por Mauro Assi

EMPRESAS CONHECEM FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO AO HCC

Nos dias 06 e 08 de junho passado, o supervisor de relações institucionais do Setor de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino, Carlos Sangiorgi, visitou aempresa Mustang Pluron, quando 55 funcionários acompanharam a apresentação sobre o Hospital de Câncer de Catanduva/HCC e as formas de contribuição. A analista de pessoal do RH da empresa, Ângela Maria Tassi, acompanhou a palestra e se prontificou a elaborar campanha para coleta de lacres de latinhas e óleo usado. No dia28 de maio, a visita foi àempresa Pedro Monteleone Veículos e Motores,ondemais de 60 funcionários acompanharam a apresentação sobre o HCC e as formas de contribuição.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 11/06/2018 por Mauro Assi

HCC PERDE VOLUNTÁRIA DE SANTA ADÉLIA

O Hospital de Câncer de Catanduva/HCC perdeu uma voluntária. Faleceu na manhã desta segunda-feira (11), devido a complicações de um câncer, a voluntária Marlene Vercesi, 58 anos, do grupo Voluntárias do Bem de Santa Adélia. O corpo de Marlene seria velado a partir das 8h30 no velório municipal de Santa Adélia e o sepultamento previsto para as 10h00.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 11/06/2018 por Mauro Assi

COMEÇAM OS TRABALHOS PARA INSTALAÇÃO DO ACELERADOR LINEAR DO HCC

Técnicos da empresa Varian Medical System Inc. estarão em Catanduva nesta sexta-feira para, a partir das 8h00, acompanharem a concretagem da base onde será instalado o acelerador linear do Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. A previsão de término é para as 13h00. De acordo com o engenheiro civil da Fundação Padre Albino Edegar Durigan Junior, enquanto o concreto seca, o que demora 28 dias, será feita a instalação elétrica, o piso, o forro e o acabamento da “casa mata”, trabalho estimado para 45 dias, quando, então, técnicos da Varian retornam para a instalação do acelerador linear. O contrato de compra do acelerador linear, no valor total de $1.017 (um milhão e dezessete mil dólares), sendo $900.000 (novecentos mil dólares) do acelerador linear e $117.000 (cento e dezessete mil dólares) do Portal Vision, acessório ao equipamento, foi assinado pela Fundação Padre Albino no dia 30 de março de 2017, em São Paulo/SP, na subsidiária brasileira da Varian. O equipamento, embarcado no final de novembro do mesmo na China, foi desembarcado dia 05 de janeiro último no porto de Santos e transferido para o porto seco, em Barueri, para os trâmites burocráticos para sua liberação, o que acabou acontecendo somente no mês de maio. O acelerador linear chegou a Catanduva no dia 15 de maio e num ato de prestação de contas à população, que colaborou intensamente nas campanhas de arrecadação de recursos para o HCC, a Fundação Padre Albino fez carreata pela cidade com o equipamento. O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, disse que agora só falta a liberação de R$ 2 milhões, já publicada no Diário Oficial do Estado de 07/04/18, mas ainda não creditada na conta da instituição. Para o término da infraestrutura do Serviço de Radioterapia faltam ainda os serviços complementares de instalação e acessórios para o acelerador linear, que está sendo iniciado, aquisição do mobiliário, paisagismo da área externa, comunicação visual, informática eestrutura metálica para interligação entre o Serviço e o Hospital Emílio Carlos. O Serviço de Radioterapia terá capacidade para atender de 100 a 120 pacientes/dia através do SUS, convênios e particulares. Foto: O acelerador chegou dia 15 de maio em Catanduva.
Fundação Padre Albino
Publicado em 06/06/2018 por Mauro Assi

CÂMARA MUNICIPAL PRESTA HOMENAGEM À FUNDAÇÃO PELA AQUISIÇÃO DO ACELERADOR LINEAR PARA O HCC

A Câmara Municipal de Catanduva prestou homenagem à Fundação Padre Albino na sua sessão ordinária do dia 29 de maio último através da Moção nº 275/2018, de autoria do vereador Luiz Pereira, aprovada por unanimidade na sessão do dia 22 do mesmo mês. O presidente da Diretoria Administrativa, José Carlos Rodrigues Amarante, e os diretores Nelson Lopes Martins, Laer Sérgio Dervelan e Joaquim Carlos Martins, o reitor da UNIFIPA, Nelson Jimenes, e o conselheiro José Silas Januário foram chamados ao plenário para receber a homenagem; o conselheiro Renato Centurion Stuchi se integrou ao grupo no final. Na tribuna, o vereador Luiz Pereira falou da dúvida inicial se a Fundação conseguiria comprar o acelerador, logo sanada em função do apoio da população. Disse que acompanhava o sofrimento e as dificuldades das pessoas que iam de madrugada a Barretos para tratamento do câncer e voltavam somente à noite. Contou que também teve um caso na família e que como engenheiro, com doutorado na área de energia nuclear, trabalhou no caso do Césio 157 em Goiânia. Pereira frisou que aquele era um dia especial e o ato simbólico pela grandeza da conquista para a cidade e região. “Vocês conseguiram incutir na mente das pessoas o benefício que o aparelho trará a todos. A homenagem, continuou, é simples, mas com grande profundidade de sentimento, pois vocês representam todos os que apoiaram esta causa”, finalizou. Dr. Amarante disse da honra de voltar àquela Casa para receber a homenagem, lembrando que lá esteve para pedir apoio dos vereadores quando do lançamento da campanha de captação de recursos. Para ele, o que motivou as administrações anteriores da Fundação, do Dr. Olegário Braido e Dr. Geraldo Paiva, foi essa comoção das pessoas que se deslocavam para Barretos. “Sabíamos que não seria fácil; o investimento era alto, mas a mobilização da população foi muito importante”, disse. O presidente da Fundação disse que recebia com gratidão a homenagem, dividindo-a com toda a população de Catanduva e região que têm colaborado para que esse projeto se torne realidade. Lembrou também o apoio da sua diretoria, do Conselho de Curadores e do Conselho de Administração da entidade. Por fim, falou do eterno agradecimento pelo reconhecimento, frisando que “essa luta é interminável; não acaba aqui. Continuamos pedindo o apoio dos senhores e de toda a população”. Abrindo a fala aos vereadores, Cidimar Porto perguntou quando começaria o atendimento. Dr. Amarante respondeu que, sem imprevistos, a instalação do aparelho demora de três a quatro meses; há necessidade da liberação dele pela Comissão Nacional de Energia Nuclear e a habilitação do Serviço. Portanto, concluiu, a expectativa é para o início de 2019. Nilton Cândido cumprimentou a diretoria “pelo trabalho honesto, maravilhoso, competente e caridoso”, contrastando com um país de corruptos, com obras intermináveis e que no final apresentam custo muito acima do previsto. Onofre Baraldi, emocionado, disse da sua satisfação pela obra, lembrando que seu pai, com apenas 38 anos, faleceu vítima de câncer. “É um projeto audacioso, mas vocês têm disposição e vontade de auxiliar ao próximo; vocês marcam a história de Catanduva pela coragem e competência”, afirmou. Wilson Paraná considerou que a atual diretoria da Fundação deixa um legado para Catanduva, assim como Padre Albino deixou. André Beck, lembrando-se de conversa com Dr. Amarante, quando este disse que se “sentia um Padre Albino”, falou do seu reconhecimento ao trabalho da diretoria e que a chegada do acelerador no ano do centenário é mais um milagre de Padre Albino. Ditinho, parabenizando a diretoria “pela conquista enorme”, lembrou que conviveu por 20 anos com o drama de pessoas doentes quando trabalhou no ARE. Amarildo destacou o trabalho voluntário da diretoria; Maurício Gouvea, o empenho de cada membro da diretoria pelo HCC e outras ações desenvolvidas. Daniel Palmeira, destacando a conquista do HCC, relatou os elogios que ouve com relação à qualidade da Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital Padre Albino. Por fim, o presidente da Câmara, Enfermeiro Ari, cumprimentou “a cada Padre Albino” (os diretores presentes), que têm no ombro essa responsabilidade. “Catanduva e região confiam em vocês, pois o trabalho de vocês faz com que as pessoas acreditem e confiem”. Em seguida, chamou o vereador Luiz Pereira para entregar a Dr. Amarante a moção de aplauso. Na “Moção de Reconhecimento e Aplauso à Fundação Padre Albino pela aquisição do acelerador linear para o Hospital de Câncer de Catanduva”, subscrita pelos outros doze vereadores, Luiz Pereira ressalta que o aparelho que faz a radioterapia em pacientes com câncer, que antes tinham que se deslocar para as cidades de Barretos e São José do Rio Preto para as aplicações, em breve será disponibilizado a pacientes do SUS, de convênios e particulares que necessitarem deste tratamento. Ainda de acordo ele, “esta moção se faz necessária visto a grandeza e a amplitude que isto significa para pacientes e familiares de nossa cidade, bem como de nossa região”. O vereador acrescenta que a homenagem é dirigida à diretoria da Fundação, “representada pelo presidente Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, representando todos os que contribuíram para que esta aquisição se concretizasse”. Ressalta que “num ano glorioso em que se comemoram os 100 anos da chegada de Padre Albino em Catanduva, mais uma conquista que vem honrar o nome de Padre Albino, que tanto fez pela nossa cidade”. Assinaram a moção os vereadores Amarildo Davoli, André Beck, Daniel Palmeira, Cidimar Porto, Enfermeiro Ari, Maurício Gouvea, Ditinho, Gaúcho, Ivan Bernardi, Nilton Cândido, Onofre Baraldi e Wilson Paraná.
Fundação Padre Albino
Publicado em 30/05/2018 por Mauro Assi

ADESÕES PARA A FEIJOADA DO BEM

O Hospital de Câncer de Catanduva está vendendo adesões para a Feijoada do Bem pró-HCC.Os interessados devem fazer contatoatravés dos telefones 3311-3365 e 3311-3305, no setor de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino. A adesão custa R$ 50,00. A feijoada acontece no dia 24 de junho, às 12h30, no Maison Villa Nobre (Gê-Vera) no Jardim Oriental.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 29/05/2018 por Mauro Assi

EM COMEMORAÇÃO AOS 100 ANOS, FUNDAÇÃO PADRE ALBINO E PREFEITURA INICIAM ATENDIMENTO NOS BAIRROS

Em comemoração aos 100 anos do município e da chegada de Padre Albino a Catanduva, a Prefeitura e a Fundação Padre Albino iniciam neste sábado (26), em parceria, na Praça Esportiva e Cultural “Irmãos Jô e Bi”, localizada entre as Avenidas Monsenhor Albino, Cônego Oscar Serra do Amaral e Ruas Torres e São Sebastião, no Bairro Bom Pastor, a atividade “100 anos - Ação nos bairros: Fundação Padre Albino e Prefeitura de Catanduva comemorando os 100 anos com a população”. Das 9h00 às 12h00, os Departamentos mantidos pela Fundação e Secretarias do município darão orientações e atenderão a população, além de proporcionarem atividades esportivas e de lazer. Pela Fundação Padre Albino, o Ambulatório Médico de Especialidades Catanduva – AME vai conscientizar sobre a ausência às consultas e exames naquela unidade; o curso de Administração, através da FAECA Junior, oferecerá consultoria empresarial nas áreas financeira e marketing, informações sobre o MEI, orçamento doméstico e dicas para elaboração de currículo; o curso de Biomedicina dará informações sobre HPV, hepatites, linfoma, diarreia infantil, fará triagem de indicações de doenças hematológicas, tipagem sanguínea, teste de glicemia, aferição de pressão e promoverá exposição de produtos fitoterápicos produzidos no curso e explicações sobre o uso; o curso de Direito divulgará a sua cartilha “Mensalinho contra a corrupção”; os cursos de Educação Física – Bacharelado e Licenciatura farão avaliação física (percentual de gordura; índice de massa corporal (IMC); relação cintura-quadril (RCQ); flexibilidade e análise postural); o curso de Enfermagem dará orientação e fará demonstraçãosobre higiene das mãos e prevenção de doenças; o curso de Medicina, através das Ligasde Endocrinologia e Diabetes e de Medicina da Família e Comunidade, dará orientações sobre hipertensão e diabetes e o curso de Pedagogia fará brincadeiras e atividades pedagógicas com crianças. O Hospital Emílio Carlos terá na praça uma estação de simulação das condições de um idoso, em parceria com o Comitê do Idoso, com colchões para as pessoascaminharem de muletas sobre eles, simulando a sensação que um idoso tem em caminhar com dificuldade, e óculos com lentes grossas, que dificultam a visão, para simular as imagens vistas pelos olhos de um idoso. O Hospital Padre Albino fará atividade para prevenção de feridas em pessoas acamadas, através de profissionais, que orientarão os interessados em como cuidar dos pacientes que estão nessa situação. O Padre Albino Saúde (PAS) levará um oftalmologista para orientar sobre acuidade visual, educadores físicos para atividade deslackline para crianças e ginástica funcional, nutricionista para orientação nutricional e realizará atividade com bexigas. As atividades da Prefeitura serão realizadas pela Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (Smelt), com pintura de rosto e escultura em balões; Secretaria de Saúde, com ação educativa de combate à dengue e testes rápidos de DST/AIDS; Secretaria de Assistência Social, com campanhas sociais com distribuição de folhetos e abordagem; Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, com orientação sobre queimadas, coleta de volumosos, descarte irregular e plantio de mudas, com doação, e Secretaria de Cultura, com o Centenário móvel, Biblioteca itinerante e artesanato em E.V.A. Essa ação, sempre em parceria entre Fundação e Prefeitura, também será realizada nos meses de junho, agosto, setembro e outubro em locais públicos de diferentes bairros de Catanduva, que estão sendo definidos.
Fundação Padre Albino
Publicado em 23/05/2018 por Mauro Assi

FAMÍLIA DE GOIÂNIA DOA LACRES PARA O HCC

Uma família residente em Goiânia (GO), com laços parentescos em Catanduva, doou uma garrafa pet com lacres para o Hospital de Câncer de Catanduva. Além dos lacres reunidos, a família, composta pelo casal Daiane, Gilmar e Heitor Esmerini, desenvolveu campanha no prédio onde reside. O pequeno Heitor foi um grande entusiasta da campanha.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 21/05/2018 por Mauro Assi

REDE CENTRAL ENTREGA ARRECADAÇÃO DA CAMPANHA TROCO SOLIDÁRIO

A Rede Central de Farmácias, que está realizando a campanha Troco Solidário pró HCC, entregou a quantia de R$ 3.021,95 arrecadada nos primeiros três meses. Do ato da entrega participaram Jehan Paulo Maiorano, diretor, Gabriela Santos e Ana Carolina Lustro, do setor de marketing da rede, e a gerente de captação de recursos da Fundação Padre Albino, Angélica Rodrigues. Para participar da campanha Troco Solidário basta fazer a doação do troco em qualquer farmácia da Rede Central.
Fundação Padre Albino
Publicado em 17/05/2018 por Mauro Assi

MISSA QUE ABRIU AS COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA CHEGADA DE PADRE ALBINO ESTÁ NO SITE

A gravação, na íntegra, da missa que abriu a programação comemorativa dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva celebrada no último dia 28 de abril na Igreja Matriz de São Domingos está no site www.fundacaopadrealbino.org.br/100anos A pessoa interessada, ao entrar no site, deve colocar o mouse em “Programação” e clicar em “Missa de abertura”. Celebrada pelo Bispo da Diocese, D. Otacílio Luziano da Silva, a missa contou com a participação do coral “Vozes da Pedagogia”, do curso de Pedagogia da UNIFIPA. Ao final da missa os participantes ganharam uma lembrança do centenário.
100 Anos Padre Albino
Publicado em 16/05/2018 por Mauro Assi

CORAÇÃO DO HCC, ACELERADOR LINEAR CHEGA A CATANDUVA

O acelerador linear, aparelho que faz a radioterapia, que pode ser considerado o coração do Hospital de Câncer de Catanduva/HCC e adquirido pela Fundação Padre Albino para o seu Serviço de Radioterapia em março de 2017, chegou a Catanduva na manhã desta terça-feira (15). Ele estava no porto seco de Barueri desde 11 de janeiro para cumprimento dos trâmites burocráticos para sua liberação. Em entrevista coletiva no prédio da Radioterapia, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, informou que de acordo com dados do Departamento Regional de Saúde (DRS) em 2016 em Barretos e Rio Preto foram feitos mais de 31 mil procedimentos oncológicos (radioterapias, quimioterapias, cirurgias, tratamento ambulatorial, entre outros) em pessoas dos 19 municípios que serão atendidos pelo HCC. “Todo esse atendimento vai ser feito em Catanduva; aliás, boa parte já vem sendo feita, através dos novos casos que não estão mais indo para aquelas cidades”, disse ele. Amarante disse que a expectativa é que o equipamento esteja pronto para atender aos pacientes até o final deste ano. “A instalação demora de três a quatro meses; depois há o treinamento da equipe que vai operar o equipamento, a liberação pela Comissão Nacional de Energia Nuclear e a habilitação do Serviço”, explicou. O presidente ressaltou que foi angustiante a espera pela chegada do acelerador que acabou coincidindo com a comemoração dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. “Parece que foi até ação do Padre Albino, seguramente o maior homem que Catanduva já teve na questão da promoção humana e assistência social. Se conseguirmos entregar esse aparelho funcionando até o final do ano nós conseguiremos presentear Padre Albino por tudo o que ele fez por Catanduva”, considerou ele. Amarante falou que esse era um sonho da Fundação, que ele abraçou e se concretizava na sua gestão, mas fez questão de dizer que tudo começou nas gestões dos ex-presidentes Dr. Olegário Braido e Dr. Geraldo Paiva de Oliveira. Ressaltando que a Fundação Padre Albino é apartidária, lembrou a importante atuação dos políticos locais, o ex-deputado estadual Geraldo Vinholi, os deputados estaduais Beth Sahão (PT) e Marco Vinholi (PSDB) e o deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos), na busca por recursos para a Radioterapia. Por fim, Amarante disse que agora só espera a liberação de R$ 2 milhões, já publicada no Diário Oficial do Estado, mas ainda não creditados na conta da Fundação Padre Albino, pois para o término da infraestrutura do Serviço de Radioterapia faltam ainda os serviços complementares de instalação e acessórios para o acelerador linear, aquisição do mobiliário, paisagismo da área externa, comunicação visual, informática eestrutura metálica para interligação entre o Serviço e o Hospital Emílio Carlos. O Serviço de Radioterapia terá capacidade para atender de 100 a 120 pacientes/dia através do SUS, convênios e particulares. Após a coletiva, num ato de prestação de contas à população, que colaborou intensamente nas campanhas de arrecadação de recursos para o HCC, foi feita carreata com o equipamento pelas ruas e avenidas centrais da cidade, a partir das 17h00, com a participação da diretoria da Fundação, funcionários e voluntárias, num total de 65 veículos. De acordo com a Guarda Civil Municipal, que juntamente com o Corpo de Bombeiros acompanhou a carreata, o público atingido foi de 15 mil pessoas, sendo que não houve nenhuma intercorrência. Muitas pessoas, durante o trajeto, aplaudiram, acenaram e se emocionaram, comemorando com a Fundação essa grande conquista para Catanduva.
Fundação Padre Albino
Publicado em 16/05/2018 por Mauro Assi

CAPTÔMETRO

A Fundação Padre Albino precisa captar R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) para terminar o Serviço de Radioterapia, que propiciará a instalação do Hospital de Câncer de Catanduva. Confira o que foi arrecadado até 30/04/18: Eventos e doações......................................... R$ 1.885.819,28 Cofre HCC..................................................... R$ 7.504,00 Doações através do site............ R$ 37.702,30 Doações através do 0500 (2016 e 2017) R$ 3.205,00 Doações através da conta de energia elétrica R$ 275.591,00 Telemarketing R$ 1.496.606,60 Nota Fiscal R$ 320.386,06 Total R$ 4.026.814,24 Faltam R$ 973.185,76
Fundação Padre Albino
Publicado em 16/05/2018 por Mauro Assi

ACELERADOR LINEAR JÁ CHEGOU AO “EMÍLIO CARLOS”

As duas carretas que trouxeram o acelerador linear, aparelho que faz a radioterapia, adquirido pela Fundação Padre Albino para o seu Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva no ano passado já chegaram a Catanduva na manhã desta terça-feira (15). O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, foi pessoalmente receber as carretas e comemorar essa data histórica para a entidade e para Catanduva e região. As carretas estão sendo preparadas para a carreata que a Fundação Padre Albino, num ato de prestação de contas à população, que colaborou intensamente nas campanhas de arrecadação de recursos para o HCC, faz pela cidade com o equipamento, a partir das 17h00 desta terça-feira.A carreata sairá do Hospital Emílio Carlos e vai percorrer o centro da cidade.
Fundação Padre Albino
Publicado em 15/05/2018 por Mauro Assi

ESTREIA DA PEÇA SOBRE PADRE ALBINO LOTA O SESC E EMOCIONA A PLATEIA

A estreia da peça"Padre Albino: legado para uma cidade” no último dia 11 de maio lotou o ginásio de esportes do SESC Catanduva e emocionou a plateia.A peçanarrou, de forma poética e delicada, a trajetória de Albino Alves da Cunha e Silva, o Monsenhor Albino, desde os primeiros tempos em Portugal até sua chegada em Catanduva, onde edificou suas obras e deixou sua marca de realizações e ações de bondade. Através de uma viagem no tempo, Monsenhor Albino relembrou sua mocidade, a missão religiosa, a luta pelos pobres e sofredores, em momentos de emoção e profundidade. Padre Synval Januário disse que a interpretação foi perfeita e que ficou impressionado com a semelhança física do ator Carlinhos Rodrigues com Padre Albino. “Gostei demais; vi Padre Albino no palco e fiquei tocado; parecia que estava diante dele”, afirmou. E completou: “A peça aumentou em mim o amor ao Padre Albino”. A funcionária do Hospital Padre Albino Giseli Sanchez foi assistir a peça com a família. “Amei a peça; linda demais; muita emoção na apresentação”. Ela também citou a semelhança do ator com Padre Albino: “o andar dele, o jeito; perfeito”, disse. O ator Carlinhos Rodrigues, que interpretou Padre Albino, disse que "considerando toda a carga emocional que envolve uma estreia, principalmente em se tratando de um espetáculo teatral sobre um personagem tão único e importante para nossa cidade, foi tudo maravilhoso”. Para ele, a Cia da Casa Amarela atingiu seu principal objetivo, “sensibilizar a plateia ao revelar detalhes tão específicos da vida de Padre Albino e mostrar os atos de um homem bom, que exemplificou a prática do amor ao próximo e sua dedicação aos menos favorecidos, aos pobres e sofredores. A emoção foi grande, intensa”. Carlinhos contou que ficou muito emocionado antes de entrar em cena, sentindo a importância e o peso da responsabilidade. “A emoção foi constante durante muitos momentos da apresentação. Nos meus trinta e cinco anos de teatro, vivendo tantos personagens marcantes, como Cândido Portinari, Vincent Van Gogh, Santos Dumont, Federico García Lorca, entre outros que me renderam muitos prêmios de interpretação, raras vezes emocionei-me dessa forma. Foi uma das mais belas experiências de vida como ser humano e artista”, resumiu. O ator salientou que ouviu comentários das pessoas que conheceram Padre Albino em vida, o que também o emocionaram e deixaram uma profunda sensação de realização pessoal. “Vivenciar Padre Albino no palco foi extremamente gratificante e inesquecível”, afirmou. Ele citou o grupo de atores, que abraçou o projeto e se dedicou nos ensaios e produção da peça, e o SESC Catanduva, que também foi fundamental, através de toda sua equipe, para que tudo acontecesse de forma plena. A atriz Drika Vieira falou da sua alegria em participar desse momento tão importante para Catanduva. “Uma responsabilidade também, mas estamos confiantes de que o trabalho realizado irá passar às plateias futuras conhecimentos e momentos de emoção". Este foi o 23º espetáculo da Cia da Casa Amarela. A montagem, que tem dramaturgia e direção de Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues, foi baseada no livro “Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva – Apóstolo da Caridade”, de Monsenhor Victor Rodrigues de Assis e Pe. Synval Januário (apêndice). Em função da reforma do teatro municipal de Catanduva ainda não foram programadas novas apresentações do espetáculo. A Fundação Padre Albino e a Cia da Casa Amarela estão procurando locais adequados na cidade e tão logo encontrados dará sequência às apresentações. Foto: Câmara Municipal de Catanduva
Fundação Padre Albino
Publicado em 14/05/2018 por Mauro Assi

ACELERADOR LINEAR DO HCC CHEGA NESTA TERÇA-FEIRA A CATANDUVA

O acelerador linear, aparelho que faz a radioterapia, adquirido pela Fundação Padre Albino para o seu Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva no ano passado finalmente chega a Catanduva nesta terça-feira (15). Embarcado no final de novembro de 2017 na China, ele foi desembarcado dia 05 de janeiro último no porto de Santos. No dia 11 daquele mês o equipamento foi encaminhado para o porto seco, em Barueri, para cumprimento dos trâmites burocráticos para sua liberação. O equipamento custou $1.017 (um milhão e dezessete mil dólares), sendo $900.000 (novecentos mil dólares) do acelerador linear e $117.000 (cento e dezessete mil dólares) do Portal Vision, acessório ao equipamento, que chegou a Catanduva no dia 29 de janeiro último. A Fundação Padre Albino, num ato de prestação de contas à população, que colaborou intensamente nas campanhas de arrecadação de recursos para o HCC, faz carreata pela cidade com o equipamento, a partir das 17h00 desta terça-feira.A carreata sairá do Hospital Emílio Carlos percorre um trecho na cidade e retorna Hospital Emílio Carlos. Antes da carreata, no prédio do Serviço de Radioterapia, o presidente da Diretoria Administrativa, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, dará entrevista coletiva à imprensa. Dr. Amarante disse que agora só falta a liberação de R$ 2 milhões, já publicada no Diário Oficial do Estado de 07/04/18, mas ainda não creditada na conta da Fundação Padre Albino. Para o término da infraestrutura do Serviço de Radioterapia faltam ainda os serviços complementares de instalação e acessórios para o acelerador linear, aquisição do mobiliário, paisagismo da área externa, comunicação visual, informática eestrutura metálica para interligação entre o Serviço e o Hospital Emílio Carlos. O Serviço de Radioterapia terá capacidade para atender de 100 a 120 pacientes/dia através do SUS, convênios e particulares. Na foto, o acelerador linear que está no Brasil desde janeiro e chega a Catanduva nesta terça-feira.
Fundação Padre Albino
Publicado em 14/05/2018 por Mauro Assi

CRIANÇAS DA “SINHARINHA NETTO” TÊM ALMOÇO ESPECIAL PÓS LEILÃO

No último domingo, 06 de maio, foi realizado o Leilão do Bem pró HCC, promovido pela Fundação Padre Albino. Os espetos de churrasco não vendidosao final do evento foram doados para a Casa da Criança Sinharinha Netto, cujas crianças atendidas tiveram um almoço especial na segunda-feira.
Fundação Padre Albino
Publicado em 10/05/2018 por Mauro Assi

MÃES DA FUNDAÇÃO SÃO HOMENAGEADAS

A Fundação Padre Albino, através da área de Recursos Humanos (RH), preparou uma surpresa no corredor principal do setor para suas funcionáriasmães. O local está todo decorado com corações e fotografias de mães e seus filhos.
Fundação Padre Albino
Publicado em 10/05/2018 por Mauro Assi

DOAÇÃO DE LEITE AO HCC

No período de 13 a 15 de abril último foi realizada no Colégio Nossa Senhora do Calvário/Colegião, a38ª Exposição Nacional de Orquídeas. As pessoas que doaram um litro de leite ganharam uma muda de orquídea. A organização da exposição doou ao Hospital de Câncer de Catanduva/HCC570 litros de leite.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 08/05/2018 por Mauro Assi

EMPRESA SE DISPÕE A COLABORAR COM O HCC

O Supervisor de Relações Institucionais do Setor de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino, Carlos Sangiorgi, visitouno dia 18 de abril último a empresa Brumau Óleos Vegetais, a convite da analista de desenvolvimento humano, Laura Crosariol, para divulgar informações sobre o Hospital de Câncer de Catanduva/HCC e de que forma os colaboradores daquela empresa podem colaborar. A analista se comprometeu a divulgar as campanhas de coleta do óleo usado, lacre de latinhas e doação na conta de energia elétrica, através do mailing interno da empresa. Na foto, os colaboradores da Brumau que participaram da reunião.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 08/05/2018 por Mauro Assi

100 ANOS DA CHEGADA DE PE. ALBINO: SEMANA TEM EXPOSIÇÃO DE FOTOS E ESTREIA DE PEÇA DE TEATRO

A programação dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva tem duas atividades culturais nesta semana: abertura de exposição de fotos e a estreia da peça de teatro sobre a vida dele. A exposição fotográfica “A vida e obra de Padre Albino”, organizada pelo Museu Padre Albino em parceria com a Prefeitura de Catanduva, através da Secretaria de Cultura, será aberta nesta quinta-feira, 10 de maio, às 20h00, na Pinacoteca Municipal João Nasser. Com sete painéis frente e verso, a exposição reúne 123 fotos desde a chegada de Padre Albino a Catanduva até sua morte, em 1973. Entre as fotos, uma da década de 1930, por ocasião de visita a outros sacerdotes; de janeiro de 1951, logo após ser agraciado com a medalha de Honra ao Mérito pela Standard Oil Company of Brazil, em programa realizado na Rádio Tupi de São Paulo, pelas incontáveis realizações de benemerência realizadas em Catanduva e de 1971, na Casa da Criança Sinharinha Netto, quando da inauguração de seu parque infantil. A exposição se estende até 10 de junho próximo e a entrada é gratuita. A Pinacoteca (o antigo “Castelinho”) fica na Praça da Independência, 92, Higienópolis. Peça teatral Na sexta-feira (10), no SESC Catanduva, acontece a estreia da peça "Padre Albino: legado para uma cidade”, texto de Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues, da Cia da Casa Amarela, de Catanduva, baseado no livro “Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva – Apóstolo da Caridade”, de Monsenhor Victor Rodrigues de Assis e Pe. Synval Januário (apêndice). A peça narra, de forma poética e delicada, a trajetória de Albino Alves da Cunha e Silva, o Monsenhor Albino, desde os primeiros tempos em Portugal até sua chegada em Catanduva, onde edificou suas obras e deixou sua marca de realizações e ações de bondade. Através de uma viagem no tempo, Monsenhor Albino relembra seus dias de moço, a missão religiosa, a luta pelos pobres e sofredores, em momentos de emoção e profundidade. Em função da reforma do teatro municipal de Catanduva ainda não foram programadas novas apresentações do espetáculo. A Fundação Padre Albino e a Cia da Casa Amarela estão procurando locais adequados na cidade e tão logo encontrados dará sequência às apresentações. Sinopse Nome da peça: Padre Albino: legado para uma cidade. Dramaturgia e direção: Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues Elenco: Carlinhos Rodrigues, Drika Vieira, Cibele Sampaio, Kéka Faria e Carlos Caetano Preparação corporal e coreografia: André Perosa Cenografia e figurinos: Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues Sonoplastia e iluminação: Carlinhos Rodrigues Operação de som e luz: Jone Vieira Técnico de gravação: Nélson Costa Júnior Produção de vídeo: Cia da Casa Amarela Produção executiva: Drika Vieira Produção de arte: Carlinhos Rodrigues Os ingressos, limitados, já podem ser retirados na Central de Atendimento do SESC Catanduva. Na foto abaixo, o cartaz da peça.
Fundação Padre Albino
Publicado em 08/05/2018 por Mauro Assi

HCC PROMOVE SEU PRIMEIRO LEILÃO DE GADO COM SUCESSO

A Fundação Padre Albino promoveu, com sucesso, neste último dia 06 de maio, a partir das 12h00, no Hospital Emílio Carlos/Complexo Esportivo da UNIFIPA, com apoio do Clube “Os Bravos”, de Catanduva, o seu primeiro leilão de gado com renda para o Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, disse que o objetivo do leilão foi arrecadar recursos “para melhorar a qualidade dos serviços que já atendem 323 pacientes por mês com tratamento de quimioterapia, cirurgias e atendimento clínico oncológico”. Na abertura, agradeceu a presença de todos, cumprimentou o Setor de Captação de Recursos pela organização do leilão e ressaltou o indispensável apoio dos Bravos, sem o que ele não teria o sucesso alcançado. O diretor de Captação de Recursos, Prof. Nelson Lopes Martins, também agradeceu e informou que o acelerador linear, que está no porto seco de Barueri desde fevereiro, deve chegar nesta ou na semana que vem. Cláudio Romagnolli, pelos Bravos, exaltou a parceria com o HCC e se disse surpreendido com o que viu e o que está sendo feito no Hospital Emílio Carlos. O leilão, comandado por Américo Simielli e equipe, comercializou 49 cabeças de gado, totalizando R$ 85.880,00, e contou ainda com a colaboração das Voluntárias do HCC do Ateliê Amor ao próximo, que comercializaram artesanato e gastronomia, e das voluntárias da Casa da Criança Sinharinha Netto, responsáveis pela alimentação e bebida.
Fundação Padre Albino
Publicado em 07/05/2018 por Mauro Assi

SELO COMEMORATIVO DO CENTENÁRIO DA CHEGADA DE PE. ALBINO A CATANDUVA PODE SER TRANSFORMADO EM MOSAICO

A Fundação Padre Albino abriu chamamento para participação pública de artistas mosaicistas e interessados em geral para participarem do projeto “100 anos de amor”. O objetivo é formar acervo do selo comemorativo do centenário da chegada de Padre Albino a Catanduva, formado por peças de mosaicos, conforme modelos, e promover a interação dos artistas à obra de Padre Albino, cumprindo seu papel de preservar a memória de seu instituidor e divulgar sua obra. Todas as informações para participação no projeto, inclusive a ficha de inscrição, estão disponíveis no sitewww.fundacaopadrealbino.org.br/100anos(Projeto Mosaico). As inscrições irão de 07/05/2018 a 31/07/2018. Cada voluntário doador poderá enviar quantas peças de mosaico quiser, atendendo as especificações contidas no chamamento, pois há dois modelos para escolha:busto do Padre Albinoeprédio. Os dois modelos de mosaico serão unidos em quadro único, completando o selo comemorativo dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva e a instalação será feita pela Fundação Padre Albino, sob orientação, coordenação e supervisão da curadora do projeto, a mosaicista Flávia Marega Frigério. As peças serão distribuídas nos Departamentos mantidos pela Fundação Padre Albino: Coordenadoria Geral; Hospital Padre Albino; Hospital Emílio Carlos/Hospital de Câncer de Catanduva; Centro Universitário Padre Albino (cursos de Administração, Agronomia, Biomedicina, Direito, Educação Física – Bacharelado, Educação Física – Licenciatura; Enfermagem; Medicina, Pedagogia); Colégio Catanduva, Recanto Monsenhor Albino e Museu Padre Albino. As peças terão o nome, cidade e Estado do mosaicista doador e este receberá um certificado de participação. Abaixo, o selo comemorativo.
Fundação Padre Albino
Publicado em 04/05/2018 por Mauro Assi

EMOÇÃO E ENCANTAMENTO NA MISSA QUE ABRIU AS COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA CHEGADA DE PADRE ALBINO

Emoção e encantamento foram dois sentimentos que marcaram a missa que abriu a programação comemorativa dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva no último dia 28 de abril na Igreja Matriz de São Domingos. Celebrada pelo Bispo da Diocese, D. Otacílio Luziano da Silva, a missa contou com a participação dos padres das paróquias de Catanduva e região e do coral “Vozes da Pedagogia”, do curso de Pedagogia da UNIFIPA, composto por 26 pessoas (13 alunos do 2º ano e 13 professores), com regência de Angélica Amêndola de Oliveira Silva e de César Augusto da Silva ao teclado. O coral encantou a todos os que assistiram a missa. Um bolo de seis andares, com imagens de ações de Padre Albino, colocado no corredor central da Matriz durante a missa, está agora ao lado do sarcófago dele, onde ficará por um mês e depois será levado ao Museu Padre Albino. Ao final da missa os participantes ganharam uma lembrança do centenário. Antes da bênção final, D. Otacílio passou a palavra ao presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, que agradeceu a todos os que ajudaram a viabilizar aquela missa e destacou a brilhante apresentação do coral do curso de Pedagogia da UNIFIPA. Amarante disse que “nada melhor do que celebrar uma Santa Missa no templo construído pelo próprio homenageado e onde atuou até o fim de sua vida”. Para ele, o valor de uma missa para os católicos é inestimável. “Todavia, por mais que homenageemos Padre Albino, talvez ainda não seja suficiente para agradecer por tudo o que ele fez por Catanduva e região”. E continuou: “Pela nossa fé cristã podemos até afirmar que Padre Albino não morreu. Apenas que seu corpo se consumiu pelo próprio curso da natureza; porém, seu espírito vive pulsante nas obras que realizou em vida e que ainda continuam a existir”. Lembrou que os restos mortais de Padre Albino jazem no sarcófago, naquela igreja, aguardando pelas promessas divinas. “Suas obras, porém, continuam vivas na vida, na mente e no coração de todos nós. Remanescem também na razão de ser e de existir das instituições que criou”, salientou. Para o presidente da Fundação, “as singelas homenagens que vamos prestar ao longo deste ano com certeza não serão suficientes para agradecer Padre Albino. Porém, humilde como era, talvez ainda achasse exagero. Grande homem, grande alma, inigualável benfeitor. 100 anos é um longo tempo; porém seu amor ao próximo continua produzindo frutos através das obras que deixou como legado a todos nós, como prova de que só o amor constrói”. Por fim, Amarante afirmou que o exemplo de força e coragem de Padre Albino “nos impulsiona a preservá-las em seus valores e finalidades”. E convidou a todos para participarem das homenagens que serão prestadas a Padre Albino ao longo de todo ano. Uma das pessoas que se emocionou muito durante a missa foi Vera Helena Milan Leão, secretária de Padre Albino por seis anos, até sua morte. Disse que são muitas lembranças que vêm à tona. Lembrou-se de muitas passagens pessoais, do cuidado de Padre Albino para com ela. “Tive também momentos de estresse; chorei no trabalho algumas vezes; ele também era enérgico”, ressaltou. Vera disse agradecer a Deus por ter tido o privilégio de estar ao lado de Padre Albino, trabalhando durante os seus últimos seis anos de vida. “Por ter vivenciado tão de perto o seu jeito de ser, de agir, de trabalhar, sempre em benefício do próximo. Vivenciei sua dedicação e determinação para atingir seus objetivos. Foram muitas batalhas, muitas incompreensões, mas muitas conquistas nos últimos anos de sua vida. Um trabalho incessante e sem trégua. Um grande homem. Só agradecimentos. Creio que é o mínimo que podemos fazer para agradecer este Santo homem”, considerou Vera. Padre Albino fugiu de Portugal, pois a Revolução de 1910 expulsou os padres daquele país e ele, preso, foi condenado ao degredo na África. Chegou ao Brasil em 1912, com 30 anos, no Rio de Janeiro, e em seguida passou, como padre, por Jaboticabal, Jaú e Barra Bonita. Em 28 de abril de 1918 Padre Albino chegou a Catanduva, tornando-se um dos personagens mais marcantes da história do município e de sua população. As próximas atividades da programação são a abertura da exposição fotográfica “A vida e obra de Padre Albino” dia 10 de maio, na Pinacoteca Municipal, e a estreia para convidados da peça “Padre Albino: legado para uma cidade” no dia 11, no SESC Catanduva. A programação completa está em www.fundacaopadrealbino.org.br/100anos
Fundação Padre Albino
Publicado em 30/04/2018 por Mauro Assi

MISSA, NESTE SÁBADO, ABRE AS COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA CHEGADA DE PADRE ALBINO

Com missa a partir das 10h00 deste sábado (28) na Igreja Matriz de São Domingos, a Fundação Padre Albino inicia a programação comemorativa dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. A missa será celebrada pelo Bispo da Diocese, D. Otacílio Luziano da Silva, e terá a participação dos padres das paróquias de Catanduva e região e do coral do curso de Pedagogia da UNIFIPA, composto por 26 pessoas (13 alunos do 2º ano e 13 professores), com regência de Angélica Amêndola de Oliveira Silva e de César Augusto da Silva ao teclado. Padre Albino foi um homem arrojado e de visão. Nasceu em 21 de setembro de 1882, na aldeia de Codeçoso, Província do Minho, em Portugal. Foi ordenado sacerdote em 1905, na cidade de Braga, mas em 1910, com a Revolução e a expulsão dos padres jesuítas do país, decidiu sair daquele país. Depois de fugir para a Espanha, Padre Albino, através do vapor “Zelândia”, embarcou para o Brasil. Em 1912, com 30 anos, desembarcou no Rio de Janeiro e em seguida passou, como padre, por Jaboticabal, Jaú e Barra Bonita. Em 28 de abril de 1918 Padre Albino chegou a Catanduva, sem saber que se tornaria um dos personagens mais marcantes da história da história do município e de sua população. A população está convida a participar da celebração. Foto: Painel ao lado da Matriz convida a população a participar.
Fundação Padre Albino
Publicado em 27/04/2018 por Mauro Assi

100 ANOS DA CHEGADA DE PADRE ALBINO É TEMA DE ENTREVISTA EM PROGRAMA DE TEVÊ

O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, foi entrevistado no programa Paulinho Bauab sobre a programação elaborada para comemorar os 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. O programa Paulinho Bauab é exibido diariamente pela Net Catanduva, canal 07, Nova TV e Net Rio Preto, canais 15, 26 e 526, além do canal no Youtube. A entrevista irá ao ar a partir da semana que vem. Na Net Catanduva é exibido três vezes ao dia e na Nova TV, às 14h00 e 22h00. Foto: Dr. Amarante, à esquerda, e Paulinho Bauab.
Fundação Padre Albino
Publicado em 25/04/2018 por Mauro Assi

FUNDAÇÃO APRESENTA PROGRAMAÇÃO COMEMORATIVA DOS 100 ANOS DA CHEGADA DE PADRE ALBINO A CATANDUVA

A Fundação Padre Albino reuniu na manhã do último dia 23 de abril seus membros conselheiros, autoridades e convidados para apresentar a programação especial elaborada para comemorar importante data para Catanduva e região: os 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva, que coincide com a comemoração dos 100 anos do município e os 50 anos da transformação da Associação Beneficente de Catanduva na Fundação Padre Albino. A programação, apresentada pela Profª Drª Silene Fontana, tem início neste sábado (28), com missa de abertura, às 10h00, Igreja Matriz de São Domingos, e será encerrada em dezembro, com gincana entre os Departamentos da Fundação. Durante esse período serão realizados muitos eventos e ações para marcar a data, entre eles: filme documentário; projeto mosaico; exposição de fotos; peça teatral com texto dos atores Carlinhos Rodrigues e Drika Vieira; ação nos bairros em parceria com a Prefeitura Municipal; campeonato de futebol society; show com Edson e Hudson, gratuito para funcionários celetistas e cobrança de ingresso e venda de mesa para o público externo; entrega de medalhas a funcionários; lançamento da atualização do livro sobre Padre Albino; congresso “Catanduva + 100: Prefeitura e Fundação Padre Albino pensando o futuro”; concursos de redação, de desenho e de curta metragem; inauguração do Serviço de Radioterapia/HCC e plantio de 100 mudas de ipês no entorno interno do Hospital Emílio Carlos. Toda a programação está no site específico dos 100 anos – www.fundacaopadrealbino.org.br/100anos Em seu discurso de encerramento, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, José Carlos Rodrigues Amarante, disse que não teve a felicidade de conhecer pessoalmente Padre Albino, mas imaginava, pelos relatos dos historiadores e de pessoas que conviveram com ele, se aprovaria o que estava sendo feito e no decorrer dos próximos meses, justamente por ser avesso a homenagens e condecorações pessoais. “Creio que ele abriria uma exceção e nos perdoaria; afinal, não é todo dia que se comemora um centenário da chegada de uma pessoa que fez tanto por muitos”, ressaltou, acrescentando que “humilde que era, provavelmente dividiria as homenagens com outros, afirmando que tudo o que fez, não fez sozinho. Atitude digna dos grandes homens”. No entanto, Amarante frisou que não dá para negar que provavelmente nada teria acontecido se não fosse a sua liderança forte, autêntica e carismática. “Ouso dizer que Padre Albino foi a maior liderança em promoção social que Catanduva jamais teve; suas obras comprovam isso; elas dizem mais que qualquer palavra, por mais eloquente que seja”, salientou, emendando: “Sucessores do legado de Padre Albino, hoje representado pelo Conselho de Curadores, temos consciência de que recebemos uma dificílima missão: a de manter viva e atuante sua obra, sem poder contar com seu carisma e sua inquestionável liderança”. Amarante lembrou que a Fundação Padre Albino “é hoje uma das mais importantes instituições nas áreas da saúde, da educação e da assistência social na região, empregando diretamente mais de dois mil funcionários, atendendo mais de 300 mil pacientes por ano e proporcionando ensino de qualidade a mais de 2.000 alunos. “Sendo uma instituição filantrópica, ou seja, sem fins lucrativos, a Fundação, assim como as demais do seu gênero, apura déficits constantes nos seus departamentos de saúde e assistência social em razão do sub-financiamento da tabela SUS. Junto com suas congêneres, atende mais de 50% de toda a média e alta complexidade dos pacientes SUS”, informou, completando que nos últimos sete anos a Fundação bancou do próprio bolso mais de R$ 65 milhões para manter funcionando os dois hospitais e o Recanto Monsenhor Albino. “Padre Albino, certamente, ficaria estarrecido com essa cifra”, afirmou, mas continuou: “Felizmente, por ter sido um visionário e prevendo toda essa dificuldade, também nos legou outras fontes de recursos, que ajudam a cobrir esses déficits”. Citou que graças às atuações dos representantes de Catanduva junto ao legislativo federal e estadual, a Fundação Padre Albino tem conseguido importantes recursos para viabilizar projetos de expansão e melhorias. “Estamos próximos de implementar mais um importante passo, que vai beneficiar a população de toda a região no combate ao câncer. De onde quer que esteja, Padre Albino deve estar muito feliz com isso”. Disse da felicidade de estar comemorando os primeiros cem anos da grande obra de Padre Albino, iniciada com a sua chegada a Catanduva. Considerou que “um dia talvez as sociedades não precisem mais de instituições como a Fundação Padre Albino, mas isso só será realidade quando o Estado for competente para prover os cidadãos em suas necessidades básicas. Então, as filantrópicas terão cumprido seu papel. Porém, receio que este dia ainda esteja muito longe, o que exige de cada um de nós seguir o exemplo de Monsenhor Albino; não podemos esperar que outros façam por nós o que é de nossa responsabilidade”. Por fim, convidou a todos para participarem das atividades dos 100 anos. Além de Dr. Amarante, compareceram ao lançamento o Dr. Antonio Hercules, presidente do Conselho de Administração da Fundação Padre Albino; o prefeito Afonso Macchione Neto, secretários municipais, o deputado estadual Marco Vinholi (PSDB) e funcionários da instituição.
Fundação Padre Albino100 Anos Padre Albino
Publicado em 23/04/2018 por Mauro Assi

SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO - PSICÓLOGO(A) COM EXPERIÊNCIA EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

A Fundação Padre Albino torna público, para conhecimento dos interessados, que se encontra aberta a inscrição para o processo seletivo de pessoal para a função de: PSICÓLOGO(A) COM EXPERIÊNCIA EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO - 01 vaga - Jornada de trabalho 220 horas mensais (Requisitos: experiência comprovada de no mínimo seis meses em Treinamento e Desenvolvimento, pós graduação será um diferencial, CRP ativo), atendendo as especificações abaixo: A) Do Processo Seletivo Inscrições: 24 a 26 de abril de 2018 (Horários: 8h00 às 11h00 e das 14h30 às 16h00). Regime de contratação: CLT Local de inscrição: RH da Fundação Padre Albino, na Rua dos Estudantes, 225, fone (17) 3311.3200, com Daniela ou Michele. B) Entregar no ato da inscrição Currículo, cópia da declaração de conclusão de curso, certificados na área e títulos. Avaliação do candidato será baseada em: ● Prova escrita, a ser realizada no RH da Fundação Padre Albino no dia 27/04/2018 às 08:30. ● Entrevista: a ser agendada. ●Comissão de Avaliação para entrevista e análise do currículo: a ser agendada. D) O conjunto – prova escrita, currículo e entrevista - qualificará o melhor candidato para a vaga e o resultado será informado ao RH da FPA pela Comissão de Avaliação. Catanduva, 23 de abril de 2018. Dr. Nélson Jimenes Diretor de Administração - FPA
Fundação Padre Albino
Publicado em 23/04/2018 por Mauro Assi

DIRETORES DA COFCO INTERNATIONAL VISITAM A RADIOTERAPIA

José Alcides Hernandes Ferreira, diretor Agroindustrial; Luís Marcelo Spadotto, diretor de Operações, e João Augusto Souza Castro, diretor de RH, da COFCO International, acompanhados pela coordenadora de Responsabilidade Social, Eliete Palhares da Silva Benetti, visitaram na tarde do dia 17 de abril último, o Serviço de Radioterapia da Fundação Padre Albino, que vai proporcionar a instalação do Hospital de Câncer de Catanduva (HCC). Eles foram recebidos pelo presidente da Diretoria Administrativa, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, pelo diretor, pela gerente e pelo supervisor de Relações Institucionais do Setor de Captação de Recursos, Prof. Nelson Lopes Martins, Angélica da Costa e Carlos Sangiorgi, respectivamente. Dr. Amarante agradeceu a visita e informou aos diretores sobre a estrutura administrativa da instituição, as dificuldades que as filantrópicas enfrentam, mas ressaltou que a Fundação segue firme na busca pela qualidade. Os diretores da COFCO disseram que faz parte da filosofia de trabalho da empresa estar próxima das comunidades com as quais trabalha e que dentro das limitações vão colaborar com o HCC. Eles se disseram satisfeitos em saber que na região haverá uma estrutura como a do HCC e que há pessoas com essa vocação. Pediram sugestões para colaboração indireta, ou seja, realização de campanhas em conjunto e internas com os funcionários da empresa, assim como divulgação das ações desenvolvidas pelo setor de captação de recursos. Por fim, visitaram o Serviço de Quimioterapia e o prédio da Radioterapia, que está pronto, esperando apenas pela liberação do acelerador linear pelo porto seco de Barueri.
Fundação Padre Albino
Publicado em 23/04/2018 por Mauro Assi

FUNDAÇÃO APRESENTA SEUS VALORES

Em solenidade realizada na manhã do último dia 18 de abril, a Fundação Padre Albino apresentou aos seus gerentes, coordenadores e supervisores, entre outros, os seus valores organizacionais, crenças e atitudes que dão personalidade à instituição, definindo uma "ética" para a atuação das pessoas e da organização como um todo. O presidente da Diretoria Administrativa, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, na abertura do evento, disse que a Fundação não estava mudando, mas dando nova roupagem aos valores já existentes. “Não basta dar redação bonita e adequada aos valores que nós entendemos que a instituição deve ter se nós não vivenciarmos os valores que ela tem”, ressaltou. Para Dr. Amarante, a “instituição não tem inteligência, ela não interage; os valores que vamos colocar em nome da instituição são os valores que ela precisa exercer diante da sociedade, pois de nada adianta falar desses valores se nós não os vivenciarmos”. Por fim, Dr. Amarante lembrou que os valores são muito importantes, mas há necessidade de tomar cuidado com os contra valores, tão importantes quanto os outros. “Cabe a mim, presidente da instituição, vivenciar e dar exemplo. Estamos falando para nós”. Em seguida, o coach Otávio Calonge apresentou os valores Fundação Padre Albino, abordando a cultura e resultados e a importância da cultura organizacional. Os valores são comprometimento; empreendedorismo; profissionalismo; respeito; sustentação do histórico da Fundação Padre Albino; trabalho em equipe e transparência. A gerente de RH, Cristiane Oliveira, falou sobre comportamento, comparando as abelhas com os seres humanos. Disse que as abelhas possuem meios de vida e organização, de certa forma parecidos com os seres humanos. Andam em grupo; têm poucas chances de sobreviver sozinhas e são símbolo de disciplina e lealdade. “A força e sobrevivência de uma colmeia depende do seu enxame, ou seja, do trabalho em grupo no qual cada indivíduo tem sua importância na disseminação do pólen”, ponderou. Cristiane esclareceu, então, que a colmeia é a empresa e o pólen, os valores. “Com organização, comprometimento e empenho podemos alcançar um nível maior de trabalho em equipe, compartilhando dos valores da empresa e desenvolvendo habilidades importantes para nossa vida profissional e pessoal”, finalizou. Por fim,funcionários dos vários Departamentos da Fundação, identificados por cada valor, entraram no local e distribuíram aos presentes um pirulito formado por sachês de meladesivados com cada um dos valores, juntamente com a figura de uma abelha (funcionaria caracterizada), demonstrandoa importânciada disseminaçãodos valores. O setor de Marketing irá preparar peças para disseminação dos valores para todos os funcionários da Fundação, que estarão no verso do novo crachá da instituição.
Fundação Padre Albino
Publicado em 20/04/2018 por Mauro Assi

2º BIKE NO ROLETE PRÓ HCC REUNIU 600 PESSOAS

No último dia 15 de abril foi realizado o 2º Bike no rolete pró Hospital de Câncer de Catanduva/HCC no Recinto de exposições “Antônio Natal Crivelaro”, na cidade de Urupês. O almoço contou com a presença de 600 pessoas e cerca de 180 ciclistas que participaram do percurso de 35 km de pedalada. O 2º Bike, organizado por 50 voluntários, contou com leilão de prendas e distribuição de brindes, além do sorteio de uma bicicleta. A gerente do setor de Captação de Recursos do Hospital de Câncer de Catanduva, Angélica Costa, prestigiou a ação que beneficiará o HCC com a renda do evento.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 17/04/2018 por Mauro Assi

HCC REALIZA SORTEIOS DIÁRIOS DE FIVELA NO RODEIO DE CATANDUVA

O Hospital de Câncer de Catanduva está realizando sorteios diários de uma fivela country durante o Rodeio de Catanduva. Para participar basta procurar um dos colaboradores que estão identificados com a camiseta do HCC e preencher a ficha de participação que vale apenas para o sorteio do dia. Os sorteios acontecem antes do show e o sorteado pode escolher entre a fivela feminina ou masculina para retirada no dia seguinte após contato da equipe do hospital. Foto:ganhador da primeira noite, Anderson Travagini, de Santa Adélia.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 13/04/2018 por Mauro Assi

TREINAMENTO A ARTE DE ENCANTAR O CLIENTE

Parceria do Núcleo de Educação Permanente da Fundação Padre Albino com o SENAC Catanduva, funcionários da Fundação participaram do treinamento“A arte de encantar o cliente” dia 11 de abril último. O treinamento teve a duração de 6 horas e será ministrado para a segunda turma nos dias 9 e 16 de maio. As inscrições devem ser feitas com Cláudia (NEP) no ramal 3278.
Fundação Padre AlbinoMedicina
Publicado em 12/04/2018 por Mauro Assi

ATELIÊ AMOR AO PRÓXIMO DOA 10 MIL REAIS AO HCC

Na tarde do dia 11 de abril, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, foi ao Ateliê Amor ao Próximo receber nova doação das Voluntárias do HCC/Hospital de Câncer de Catanduva. A coordenadora Lourdinha Fávero entregou a Dr. Amarante o recibo de depósito para o HCC no valor de 10 mil reais, resultado da comercialização das peças de artesanato feitas pelas voluntárias do Ateliê Amor ao próximo. Dr. Amarante agradeceu, disse novamente da importância do trabalho voluntário e finalizou dizendo "Porfavor, não parem".
Fundação Padre Albino
Publicado em 12/04/2018 por Mauro Assi

COORDENADORA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA COFCO INTERNATIONAL VISITA A RADIOTERAPIA

A Coordenadora de Responsabilidade Social da COFCO International, Eliete Palhares da Silva Benetti, na tarde deste dia 11 de abril, visitou o Serviço de Radioterapia da Fundação Padre Albino, que vai proporcionar a instalação do Hospital de Câncer de Catanduva (HCC). Recebida pelo presidente da Diretoria Administrativa, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, pelo diretor e pela gerente de Captação de Recursos, Prof. Nelson Lopes Martins e Angélica da Costa, respectivamente, a coordenadora recebeu informações do projeto e da obra do supervisor de Relações Institucionais, Carlos Sangiorgi. Após a apresentação, Dr. Amarante fez um breve relato sobre a Fundação e sua atuação na área da saúde, ressaltando que apesar de ser empresa privada, mas filantrópica, a instituição faz saúde pública com recursos próprios. Por fim, acompanhada também pelo engenheiro civil Edegar Durigan Junior, Eliete Benetti visitou o prédio da Radioterapia, que está pronto, esperando apenas pela liberação do acelerador linear pelo porto seco de Barueri. Ao final da visita, disse que irá informar sua diretoria sobre o projeto para estudo de futuras parcerias. Eliete, que estava acompanhada do Dr. Jonatas de Freitas Benetti, integrante da Igreja Cristã do Brasil, ainda visitou a ala do Hospital Emílio Carlos que foi reformada pela AEC – Associação de Assistência ao Hospital Emílio Carlos.
Fundação Padre Albino
Publicado em 11/04/2018 por Mauro Assi

FPA REALIZA LEILÃO EM MAIO PRÓXIMO PRÓ HCC

A Fundação Padre Albino promove no dia 6 de maio próximo leilão de gado pró Hospital de Câncer de Catanduva/HCC no Câmpus da UNIFIPA, instalado no Hospital Emílio Carlos. O leilão teráinício às 12 horas, com entrada franca. Além do leilão de gado e prendas haverá venda de churrasco e bebida.
Fundação Padre Albino
Publicado em 02/04/2018 por Mauro Assi

EM SOROCABA, FPA PEDE AO GOVERNADOR LIBERAÇÃO DE RECURSOS PARA O TÉRMINO DA RADIOTERAPIA

Representando a Fundação Padre Albino, o gerente doCentro de Serviços Compartilhados/CSC, Reginaldo Lopes, acompanhado do deputado estadual Marco Vinholi (PSDB), participou neste sábado (31 de março) da inauguração do Hospital Estadual de Sorocaba (chamado também de novo Hospital Regional), que contou com as presenças do governador Geraldo Alckmin e do secretário estadual da Saúde, Davi Uip. No evento, Reginaldo Lopes entregou ao governador Alckmin cópia dos ofícios de solicitação dos R$ 2 milhões necessários para o término das obras do Serviço de Radioterapia da Fundação que, concluído, propiciará a instalação do Hospital de Câncer de Catanduva. O governador garantiu que analisará o pedido o mais breve possível. Nas fotos abaixo, Reginaldo Lopes com o deputado estadual Marco Vinholi, o governador Alckmin e o secretário Davi Uip.
Fundação Padre Albino
Publicado em 01/04/2018 por Mauro Assi

PACIENTES DA QUIMIOTERAPIA RECEBEM MIMO DE PÁSCOA

O Serviçode Quimioterapia da Fundação Padre Albinorecebeua doação de ovos de páscoa do supermercado Acapulco, da cidade de Novais. Os pacientes que estavam recebendo a medicação nos dias 28 e 29 de março foram presenteados com o mimo pascal.
Fundação Padre Albino
Publicado em 29/03/2018 por Mauro Assi

DR. SINVAL MALHEIROS PRESTA HOMENAGENS AOS 50 ANOS DA FPA NO CONGRESSO NACIONAL

Médico e deputado federal já tem pronta moção de louvor e vai proferir discurso celebrando os 50 anos da instituição O médico e deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos-SP) vai homenagear no Congresso Nacional, com moção de louvor e discurso, a Fundação Padre Albino (FPA), que está comemorando 50 anos de existência. “A instituição representa um complexo de saúde e obras assistenciais que atende a uma região de 320 mil habitantes em 18 municípios”, destaca o parlamentar em sua moção. Malheiros ainda utilizará a Tribuna da Câmara Federal para celebrar a data com discurso na próxima semana. Em suas homenagens, o deputado médico destacará os trabalhos desenvolvidos pela FPA, seja na área filantrópica, de saúde, educação, social e comunitária. “A Fundação comemora essa importante data coincidentemente com a comemoração dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva, que ocorreu em 28 de abril de 1918. Como médico, professor da Faculdade de Medicina, deputado federal e, acima de tudo, cidadão catanduvense, quero dizer da alegria de participar dessa comemoração, tão representativa em minha vida”, disse Dr. Sinval. Na oportunidade, também reconhecerá o trabalho do advogado José Carlos Rodrigues Amarante, presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, dos colaboradores e de todas as pessoas direta e indiretamente envolvidas com a entidade. “Padre Albino está física e espiritualmente presente no cotidiano de Catanduva onde realizou muitas obras e, após sua morte, muitos milagres. E a maior prova de que essa presença é real, está justamente no dia a dia desta Fundação: piedosa, simples, austera e que vive exclusivamente em atenção aos mais necessitados”, complementou. Redes sociais- Além da moção e do discurso, Malheiros ainda usou as redes sociais para lembrar a importância da data. Em suas páginas do Facebook publicou uma imagem do Padre Albino e destacou a seguinte frase: “FPA, 50 anos cuidando de nossa gente” (foto abaixo).
Fundação Padre Albino
Publicado em 29/03/2018 por Mauro Assi

FUNDAÇÃO PROMOVE TREINAMENTO SOBRE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA EM AMBIENTE HOSPITALAR

O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho(SESMT) da Fundação Padre Albino participou no dia 22 de março último, das 9h00 às 16h30 horas, de treinamento de atualização sob o tema "Proteção radiológica em ambiente hospitalar", ministrado pelo físico responsável pelos serviços de radioproteção do Serviço de Medicina Nuclear do Hospital Padre Albino, Eduardo Tinois. O físico abordou conteúdos importantes sobre conceitos de física, definições dos tipos de raios de radiação ionizante, equipamentos de mensuração da radiação, equipamentos de proteção individual (EPIs), dosímetros, entre outros, além de citar o Hospital do Câncer de Catanduva no que se refere às proteções da radiação ionizante do acelerador nuclear. De acordo com Rodrigo Manzoni, engenheiro de segurança do trabalho da Fundação, em breve o físico ministrará treinamento com os mesmos conteúdos voltado ao Serviço de Higiene e Limpeza e Equipe de Enfermagem, exclusivamente, com relação aos procedimentos no quarto de iodoterapia do Hospital Padre Albino.
Fundação Padre Albino
Publicado em 27/03/2018 por Mauro Assi

FÍSICO MINISTRA PALESTRA SOBRE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA EM AMBIENTE HOSPITALAR

O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho(SESMT) da Fundação Padre Albino participou no dia 22 de março último, das 9h00 às 16h30 horas, de treinamento de atualização sob o tema "Proteção radiológica em ambiente hospitalar", ministrado pelo físico responsável pelos serviços de radioproteção do Serviço de Medicina Nuclear do Hospital Padre Albino, Eduardo Tinois. O físico abordou conteúdos importantes sobre conceitos de física, definições dos tipos de raios de radiação ionizante, equipamentos de mensuração da radiação, equipamentos de proteção individual (EPIs), dosímetros, entre outros, além de citar o Hospital do Câncer de Catanduva no que se refere às proteções da radiação ionizante do acelerador nuclear. De acordo com Rodrigo Manzoni, engenheiro de segurança do trabalho da Fundação, em breve o físico ministrará treinamento com os mesmos conteúdos voltado ao Serviço de Higiene e Limpeza e Equipe de Enfermagem, exclusivamente, com relação aos procedimentos no quarto de iodoterapia do Hospital Padre Albino.
Fundação Padre Albino
Publicado em 26/03/2018 por Mauro Assi

GRUPO DE AMIGAS FAZ AÇÃO EM BENEFÍCIO DO HCC

O grupo de 16 amigas denominado “Sonho nosso” se reúne há 23 anos para comemorar aniversários, confraternizar-se e realizar ações solidárias. Em uma dessas reuniões foi dada a ideia de recolher lacres para o Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. Todas concordaram e decidiram espalhar potes com identificação em estabelecimentos comerciais, como restaurantes e academias, entre outros. A personalização dos potes foi produzida pelo próprio grupo. A campanha foi iniciada em janeiro e dia 20 de março último as integrantes Iara do Carmo e Sandra Belotti entregaram ao presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, os lacres arrecadados, que totalizaram 12,9 kg. Iara e Sandra disseram que a campanha continua e a intenção é deixar potes em prédios residenciais e outros locais que se dispuserem a colaborar.O grupo “Sonho Nosso” é integrado por Ana Canozo, Deise Morelli, Doroty Gil, Drica Monteleone, Eliana Varini, Fatinha Gaiarim, Iara do Carmo, Janete Mortati, Marilda Ceron, Paula Nascimbem, Regina Kassis, Rose de Freitas, Regina Santos, Sandra Belotti, Soraia Kassis e Vera Maniezzo.
Fundação Padre Albino
Publicado em 26/03/2018 por Mauro Assi

FUNDAÇÃO PADRE ALBINO COMEMORA 50 ANOS DE SUA INSTITUIÇÃO

Coincidentemente com a comemoração dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva (28/04/1918), a Fundação Padre Albino comemora os 50 anos de sua instituição (27/03/1968). Padre Albino era um homem arrojado e de visão. Pensando em prover o seu hospital de profissionais, garantindo também a assistência médica aos seus "pobres", ele decidiu criar uma faculdade de medicina. No entanto, para isso, era necessária a transformação da Associação Beneficente de Catanduva, mantenedora do Hospital Padre Albino, em Fundação, o que aconteceu em 27/03/1968. O primeiro Conselho de Administração da Fundação foi constituído por Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva; José Olímpio Gonçalves; Antonio Stocco; Floriano Peixoto Ferreira Lima; Tulio Tricca; Manoel Hernandes; Dr. Lenício Pacheco Ferreira; Dr. Arlindo Busnardo; Francisco De Senzi; Vicente Martins; Manoel de Lima Machado; Silvio Salles; Fernando Costa Sampaio; José Pedro da Motta Salles; Dr. Renato Bueno Netto; Armando Prandi; Márcio Rocha Ribeiro; Aurélio Zancaner; José Rocha Filho e Iran Silva. Registrado o Estatuto, a primeira reunião do Conselho de Administração da Fundação Padre Albino ocorreu em 29 de março do mesmo ano, na sala da diretoria do Hospital Padre Albino, para eleição do presidente e secretário daquele Conselho; eleição dos membros do Conselho Fiscal e eleição do presidente, secretário e tesoureiro da Diretoria Executiva, que ficaram assim compostas: Conselho de Administração – presidente: Dr. Renato Bueno Netto; secretário: Arlindo Busnardo; Diretoria Executiva – presidente: José Olímpio Gonçalves; secretário: Floriano Peixoto Ferreira Lima; tesoureiro: Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva; Conselho Fiscal – Tulio Tricca; Aurélio Zancaner e Armando Prandi. Nessa mesma reunião, o Dr. Lenicio Pacheco Ferreira falou sobre os trabalhos que estavam sendo desenvolvidos para a criação da faculdade de medicina. A primeira reunião da Diretoria Executiva foi realizada em 25/09/1968. Hoje, a Fundação Padre Albino reúne diretamente mais de 2.000 colaboradores e sua atuação beneficia Catanduva e mais 18 municípios da região, que somam uma população aproximada de 320 mil habitantes. Entidade filantrópica, a Fundação Padre Albino está presente na comunidade através da atuação de seus Departamentos nas áreas da saúde, educação, assistência social e comunitária. Na área da saúde, seus hospitais de ensino – Emílio Carlos e Padre Albino - atendem pelo SUS e a usuários particulares e de convênios e foi criado um plano de saúde, o Padre Albino Saúde, hoje Associação Padre Albino Saúde (APAS). Na qualidade de Organização Social de Saúde (OSS) e com o objetivo de ampliar e proporcionar melhor atendimento à população de Catanduva e região, a Fundação assumiu a gestão do Ambulatório Médico de Especialidades – AME Catanduva. No Recanto Monsenhor Albino são atendidos idosos de ambos os sexos com assistência plena e integral. O Museu Padre Albino, que reúne a história e a memória da instituição, possui, ainda, uma Hemeroteca especializada sobre a história de Catanduva, sendo fonte de consultas e pesquisas para estudantes e interessados. Na área educacional, o Colégio Catanduva atua na Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio e instalou o curso Habilitação profissional de nível médio de Técnico em Enfermagem. O Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) oferece nove cursos de graduação e cursos de Pós-Graduação e, através do Núcleo de Extensão e dos estágios curriculares, desenvolvem projetos e atividades, cursos e palestras, orientam e prestam serviços institucionais que beneficiam desde crianças até idosos de Catanduva, região e outros Estados. Em 08/12/2011, com a exumação e reconhecimento canônicos dos restos mortais, iniciou-se o processo de beatificação de Padre Albino. Em outubro de 2017 foi entregue à Congregação das Causas dos Santos a Positio (conjunto de documentos e depoimentos sobre as virtudes cristãs de Pe. Albino) e solicitação de encaminhamento para análise pela Comissão dos Teólogos, Comissão de Bispos e Cardeais. Se os pareceres forem positivos será emitido o decreto papal de reconhecimento da Venerabilidade de Padre Albino, ou seja, ele se torna Venerável. A previsão para o término dessa fase é 2020. Foto: Padre Albino Alves da Cunha e Silva.
Fundação Padre Albino
Publicado em 23/03/2018 por Mauro Assi

SECRETÁRIO NACIONAL DO MINISTÉRIO DA SAÚDE VISITA HEC E HCC E ANUNCIA LIBERAÇÃO DE VERBA

Dr. Rogério Abdalla recebeu certificado de “Amigo do HCC” A Fundação Padre Albino recebeu dia 19 de março último o secretárionacional de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES)do Ministério da Saúde, Dr. Rogério Abdalla, e assessores. A visita foi um convite do deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos), que o acompanhou. O secretário e equipe visitaram as dependências do Hospital Emílio Carlos e do Serviço de Radioterapia que, finalizado, possibilitará a implantação do Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. Na visita à Radioterapia, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, entregou ao Dr. Rogério o certificado de “Amigo do HCC” e uma relíquia de Padre Albino. Amarante agradeceu e destacou a grande ajuda do Dr. Sinval ao Hospital de Câncer de Catanduva, que não só beneficiará Catanduva, mas também 18 cidades da região. O deputado Dr. Sinval lembrou que conheceu Padre Albino quando cursava o 5º ano de medicina em Catanduva e destacou o trabalho gratuito da diretoria da Fundação – “ninguém tem salário; é amor puro”, ressaltou. Salientou a amizade e o companheirismo do Dr. Rogério Abdalla, que priorizou ajudar Catanduva e a Fundação Padre Albino. Já Dr. Rogério Abdalla afirmou que Padre Albino era um gestor e anunciou seu apoio a Catanduva por intermédio do deputado Dr. Sinval. “Vou caminhar junto com vocês”, destacou. Citou que o HCC vai ser referência para toda a região e elogiou o trabalho e a conduta do deputado Dr. Sinval. “Excelente deputado, excelente gestor; ele vai surpreender a todos vocês”, apontou. Agradecendo a visita, Dr. Amarante anunciou que Dr. Rogério Abdalla autorizou a liberação, ao Hospital Emílio Carlos, da verba R$ 3.500.000,00, emenda do Dr. Sinval, que possibilitará a aquisição do tomógrafo, o que a Fundação não tinha condições de fazê-lo agora. “O tomógrafo é fundamental para a Radioterapia”, considerou Dr. Amarante. O reitor da UNIFIPA, Dr. Nelson Jimenes, entregou ao Dr. Rogério algumas necessidades da Fundação Padre Albino nas áreas da saúde e educação e o secretário do Ministério da Saúde recebeu ainda cópia da documentação de licença de importação do acelerador linear, que aguarda liberação pelo porto seco, em Barueri. Dr. Rogério se comprometeu a ajudar na liberação do aparelho, que foi desembarcado dia 05 de janeiro último no porto de Santos. Natural de Cruzeiro (SP), Rogério Luiz Zeraik Abdalla possui experiência na área de gestão pública. Exerceu diversos cargos na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) durante os últimos dez anos. Assumiu interinamente todas as diretorias da Conab, entre elas a de diretor de Gestão de Pessoas. Em alguns momentos, inclusive, respondeu pela presidência interina do órgão. O secretário participou, ao longo de sua carreira, de diversos cursos em áreas como planejamento estratégico, gestão de equipe de trabalho, teoria geral de contratos, ética profissional e de convivência.
Fundação Padre Albino
Publicado em 22/03/2018 por Mauro Assi

SECRETÁRIO-GERAL DO MINISTÉRIO DA SAÚDE VEM SEGUNDA VISITAR O HEC E O HCC

A Fundação Padre Albino recebe nesta segunda-feira (19) a visita do secretário nacional Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde, Dr. Rogério Abdalla e equipe, a partir das 15h00, que virá acompanhado do deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos), que o convidou, e assessores. O secretário e equipe visitarão as dependências do Hospital Emílio Carlos e do Serviço de Radioterapia que, finalizado, possibilitará a implantação do Hospital de Câncer de Catanduva/HCC.
Fundação Padre Albino
Publicado em 17/03/2018 por Mauro Assi

CAPTÔMETRO

A Fundação Padre Albino precisa captar R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais) para terminar o Serviço de Radioterapia, que propiciará a instalação do Hospital de Câncer de Catanduva. Confira o que foi arrecadado até 28/02/18: Eventos e doações......................................... R$ 1.852.402,92 Doações através do site............ R$ 36.709,94 Doações através do 0500 (2016 e 2017) R$ 3.205,00 Doações através da conta de energia elétrica R$ 251.252,50 Telemarketing R$ 1.385.215,60 Nota Fiscal R$ 320.386,06 Total R$ 3.849.172,02 Faltam R$ 1.150.827,98
Fundação Padre Albino
Publicado em 16/03/2018 por Mauro Assi

SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE NUTRICIONISTA

A Fundação Padre Albino torna público para conhecimento dos interessados, que se encontra aberta a inscrição para o processo seletivo de pessoal para a função de: NUTRICIONISTA com jornada de trabalho de 100 horas mensais, atendendo as especificações abaixo: A) Do Processo Seletivo Inscrições: 16, 19 e 20 de Março de 2018 (Horários: 8h00 às 11h00 e das 14h30 às 16h00). Regime de contratação: CLT Local de inscrição: RH da Fundação Padre Albino, na Rua dos Estudantes, 225, fone (17) 3311.3200, com Daniela ou Michele. B) Entregar no ato da inscrição Currículo, cópia da declaração de conclusão de curso, certificados na área e títulos. Avaliação do candidato será baseada em: ● Prova escrita, a ser realizada no RH da Fundação Padre Albino no dia 21/03/2018 às 14hs ● Entrevista: a ser agendada. ●Comissão de Avaliação para entrevista e análise do currículo: a ser agendada. D) O conjunto – prova escrita, currículo e entrevista - qualificará o melhor candidato para a vaga e o resultado será informado ao RH da FPA pela Comissão de Avaliação. Catanduva, 15 de Março de 2018. Dr. Nélson Jimenes Diretor de Administração - FPA
Fundação Padre Albino
Publicado em 15/03/2018 por Mauro Assi

HCC RECEBE R$ 33.500,00 DO EVENTO TACADA SOLIDÁRIA

Empresários filiados ao LIDE Rio Preto e golfistas do Quinta do Golfe Clube destinaram R$ 201 mil no último dia 10 de março a quatro instituições durante o 4º Tacada Solidária. AAssociação Rio-pretense de Promoção do Menor (Arprom), a Associação Mãe do Redentor Comunidade Mar Adentro (Cefa), o Hospital do Câncer de Catanduva (HCC) e o Instituto Hortense, idealizado pelo cantor Leo Chaves, foram beneficiadas com os recursos arrecadados durante o evento, que teve palestra do presidente do China in Box, Robinson Shiba, e show do cantor Leo Chaves, que foihomenageado por seu trabalho assistencial. Um dos pontos altos do evento foi o leilão, que teve Marcos Scaldelai, presidente do LIDE Rio Preto, e o cantor Leo Chaves como leiloeiros. Empresários arremataram dois violões autografados pelo cantor, uma semana de estadia em um resort na Bahia, uma jóia e móveis. O 4º Torneio Tacada Solidária foi possível graças à união de esforços do LIDE Rio Preto e do Quinta do Golfe Clube e colaboradores, golfistas, além do apoio de uma parcela significativa dosassociados. O Vice-Presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, Luiz Marcos Garcia, compareceu ao evento e recebeu o cheque simbólico de R$ 33.500,00. Sobre o LIDE Rio Preto Fundado no Brasil, em 2003, o LIDE – Grupo de Líderes Empresariais é formado por líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais, que se preocupam em sensibilizar o empresariado brasileiro para a importância de seu papel na construção de uma sociedade ética, desenvolvida e consciente. Atualmente, o Grupo conta com unidades regionais, internacionais e setoriais, totalizando 26 frentes de atuação. Presidido por Marcos Scaldelai, com apoio do vice-presidente Fabrício Vaccari, o LIDE Rio Preto é formado por 93 empresas filiadas de São José do Rio Preto e noroeste paulista que, juntas, faturam mais de R$ 17 bilhões ao ano. Além de 105 jovens empreendedores filiados ao LIDE Futuro Rio Preto.
Fundação Padre Albino
Publicado em 14/03/2018 por Mauro Assi

3ª IDADE INICIA ATIVIDADES NA UNIFIPA

A nova turma da Faculdade da Terceira Idade da UNIFIPA iniciou suas atividades no dia 6 de março trazendo como tema principal para a primeira aula a importância da amizade e os vínculos afetivos na considerada a Melhor Idade, abordado pela coordenadora do projeto, Profª Ma. Luciana de Souza Cione Basto. A abertura foi feita pelo Pró-Reitor AcadêmicoProf. Dr. Antonio Carlos de Araujo, que explicou sobre o novo organograma do Centro Universitário Padre Albino e as boas-vindas foi dada pelo coordenador do curso de Educação Física - Licenciatura, Prof. Esp. José Cione Neto. Na sequência, as alunas participaram de atividade física com o Prof. Marcus Seixas. Para as pessoas acima de 50 anos interessadas em participar do projeto, as matrículas continuam abertas e o valor da mensalidade é de R$ 60. Para conhecer mais sobre as atividades da Terceira Idade acessehttp://educacaofisicalic.unifipa.com.br/extensao/programa/faculdade-da-terceira-idade-melhor-idade
Educação Física - Licenciatura
Publicado em 09/03/2018 por Mauro Assi

EXTENSÃO DA ADMINISTRAÇÃO INICIA CURSOS GRATUITOS DE INFORMÁTICA

O Núcleo de Extensão do curso de Administração da UNIFIPA iniciou na segunda semana deste mês de março três de seus projetos: o ABC da Informática, voltado para adultos e idosos, Informática inclusiva para crianças e Informática inclusiva para deficientes visuais. Nas aulas, o público aprende desde noções básicas da informática, formatação de textos, uso da internet como meio de pesquisa e entretenimento eo funcionamento de redes sociais e aplicativos. Os interessados em participar dos cursos, gratuitos, devemprocurar a secretaria acadêmica do Câmpus São Francisco, na Rua Seminário, 281, São Francisco. Informações pelo fone 17 - 3311-4800.
Administração
Publicado em 09/03/2018 por Mauro Assi

PROJETO DO HCC É DIVULGANDO NA COFCO AGRI

O Prof. Nelson Lopes Martins, diretor do Setor de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino, e o supervisor de relações institucionais, Carlos Sangiorgi, visitaram a Cofco Agri no dia 02 de março último. A usina estava promovendo a SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) em que mais de 600 colaboradores e prestadores de serviço foram reunidos em duas turmas, de manhã e a tarde,e abriu espaço para que Prof. Nelson e Carlos falassem sobreo HCC e asformas de colaborar com o projeto. No dia 28 de fevereiro, Carlos Sangiorgi ministrou palestra sobre o HCC no Frigorífico Salamanca, para os colaboradores da empresa.
Fundação Padre Albino
Publicado em 05/03/2018 por Mauro Assi

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA A FACULDADE DA 3ª IDADE

A Faculdade da Terceira Idade, projeto de extensão do curso de Educação Física Licenciatura do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA, inicia sua programação no próximo dia 06 de março, às 14h00, assim como recebe matrículas de interessados. Voltada para pessoas acima de 50 anos, com objetivo de integração, a Faculdade da Terceira Idade oferece atividades sobre nutrição, medicina preventiva, ginástica funcional, conceitos de autoestima, desenvolvimento psicológico, lazer, entretenimento, excursões, expressão corporal e ações comunitárias. As atividades são realizadas no Câmpus Sede da UNIFIPA, na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema (Hospital Emílio Carlos). O valor da mensalidade é de R$ 60. Para saber mais sobre as atividades da Terceira Idade acesse http://educacaofisicalic.unifipa.com.br/extensao/programa/faculdade-da-terceira-idade-melhor-idade
Educação Física - Licenciatura
Publicado em 01/03/2018 por Mauro Assi

SANTAS CASAS DEBATEM MEDIDAS PARA ENFRENTAR A CRISE

O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, José Carlos Rodrigues Amarante, participou neste dia 26 de fevereiro, em Salvador/BA, do Encontro Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, que reuniu provedores de cerca de dez Estados para debater os desafios e superação das gestões para este ano de 2018. A Fundação é mantenedora dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos, este último atendendo 100% SUS. Entre os principais desafios das Santas Casas está o estreitamento da relação com os governos estaduais e federais, além de encontrar uma solução a longo prazo para resolver o déficit de R$ 10 milhões mensais nas entidades prestadoras de serviço. O presidente da Federação das Santas Casas da Bahia, Maurício Dias, lembrou as acusações que já foram feitas às entidades, alegando má gestão. “Queremos descaracterizar toda essa propaganda direcionada e intencional de desqualificar o setor como se fosse falta de gestão. Acho que falta de gestão, se existe, são dos hospitais públicos, que para fazer o serviço que nós fazemos gastam cinco, sete vezes mais que nós. Com um terço do que os outros gastam, realizamos mais, com maior qualidade. Temos Santas Casas com mais de 500 anos. Sobreviver tanto tempo, em cenário de crise, é prova de gestão”, ressaltou. Maurício Dias desejou ainda que, neste ano, a relação entre as entidades filantrópicas e o governo do Estado seja favorável para ambos. “Por mais que a gente reconheça a intenção dos governos estaduais em se preocupar com saúde, construindo novos hospitais, ampliando a rede, queremos chamar a atenção de que temos um parque tecnológico disponível, uma rede hospitalar que é a maior do Brasil, que por sua vez, está subutilizada”, lamentou. O provedor da Santa Casa de São Paulo, Antonio Penteado, foi um dos palestrantes. Ele analisou a defasagem do SUS ressaltando que o setor responde por mais de 50% do atendimento do setor. “Não dá para aguentar um déficit de R$ 130 milhões por ano. Ano passado foram R$ 50 milhões de defasagem do SUS e R$ 78 milhões de juros para pagar financiamentos. Estamos financiando o governo”, desabafou. Um dos principais objetivos para este ano é o Pró-Santas Casas, financiamento que visa alongar o prazo de pagamento, com juros mais baixos. “A Santa Casa é uma das poucas do Brasil que se mantém desse porte, pagando e conseguindo ultrapassar a crise, mas muitas no interior estão fechando as portas. Então, contamos com a sensibilidade do governo do Estado para que a gente possa, aos poucos, resgatar esses leitos do interior”, declarou o presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas, Antonio Brito. CARTA DE SALVADOR As Santas Casas e os Hospitais Filantrópicos do Brasil, responsáveis por 51% da assistência pelo Sistema Único de Saúde - SUS no País, segundo o Ministério da Saúde, portanto imprescindíveis ao setor público, reunidos em Salvador - Bahia, vêm reafirmar a difícil e dramática situação econômica e financeira em que se encontram, conforme já expressada e tornada pública, pelo relatório da Subcomissão Especial da Comissão de Seguridade Social da Câmara dos Deputados, pela Carta de Votuporanga-SP, pelas Audiências Públicas da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos da Câmara de Deputados, dentre outros atos e documentos. A calamitosa situação se expõe pelo público e notório déficit continuado, de longa data, na relação de contra prestação pelos serviços realizados ao SUS. Os levantamentos contábeis indicam que para cada R$ 100,00 de gastos no atendimento aos pacientes, o SUS ressarce R$ 65,00, em média, gerando uma diferença de 54%, já subtraídos os incentivos concedidos. Em números reais, no ano de 2016, os dados de todo o País apontam para um déficit de R$ 9,8 bilhões nos contratos/convênios mantidos com o SUS, ou seja, de um custo total pelos atendimentos realizados de R$ 24,7 bilhões, apenas R$ 14,9 bilhões foram remunerados. Nesses 30 anos de SUS, enfrentamos uma inflação real, aferida pelos reajustes de vários itens de consumo dos hospitais, superior a 900% e uma inflação oficial de 412%, tendo como contrapartida reajustes pontuais em poucos grupos de procedimentos, que transformados em média ponderada, projetam um reajuste linear estimado de apenas 93%. A questão central da defasagem existente está relacionada à assistência de baixa e média complexidade, tanto hospitalar como ambulatorial, que é superior a 100%. Esta defasagem vem levando a um crescente endividamento das Instituições, fazendo com que a dívida, de R$ 1,8 bilhão em 2005, já tenha ultrapassado o patamar de R$ 20 bilhões em 2017. Tão preocupante quanto o valor desta dívida é o seu perfil, pois 54% são relativos ao setor financeiro, o restante aos fornecedores, a impostos, contribuições não recolhidos, passivo trabalhista e outras dívidas. Especialmente esses dois enfoques — déficit e dívida — estão sendo pautados com os gestores do Sistema, notadamente o Federal, há bastante tempo, sem, contudo, obter-se as respostas na amplitude e eficácia necessária. Programas como o da Contratualização com seus incentivos indicaram a possibilidade de um caminho, porém, concebidos a partir de uma base deficitária, parciais na abrangência, sem adequação de custeio e descontinuados no tempo, estão sucumbindo e levando consigo grande parte das entidades, consequentemente, a assistência hospitalar e ambulatorial prestada pelo SUS. É inquestionável a necessidade da construção de uma nova política que priorize a parceria com os filantrópicos, como estratégia de obtenção de maior economicidade, associada a mais qualidade e maior resolutividade, vinculada ao alcance do equilíbrio econômico e financeiro nas relações obrigacionais, concebida por blocos de remuneração que contemplem em suas especificidades, a remuneração da demanda espontânea, de forma desigual da demanda eletiva, e esta demanda eletiva, tratando de forma distinta os blocos de procedimentos que já remuneram de forma aceitável, daqueles que encontram-se defasados, usando para tal a tabela do SUS como elemento de referência associada a fatores multiplicadores capazes de corrigir as distorções. Da mesma forma, a necessidade de linhas de crédito, efetivamente exequíveis, que saiam do papel e dos discursos, para, de fato, gerarem efeito na rolagem da dívida, que como todos sabem, foi contraída em função desse cenário que descrevemos aqui, e por fim, de segurança jurídica, com regras claras que definam a manutenção e concessão do CEBAS. Diante desses contextos, as Santas Casas e os Hospitais Filantrópicos brasileiros, já exauridos em suas capacidades creditícias, alguns fechando e/ou em processos continuados de restrições assistenciais, outros sob intervenções, vêm exigir do Governo brasileiro uma solução imediata e definitiva para a questão do déficit acima apontado, bem como com relação ao endividamento constituído em decorrência do mesmo. Por oportuno, salienta-se a importância da sociedade direcionar o seu olhar, de forma definitiva, para o setor, pois, além dos compromissos sociais de origem, sob o enfoque econômico, são incomparáveis com o setor público em termos de custo (hospitais federais custam 6,77 vezes mais, hospitais estaduais 5,08 vezes mais e as OCIPS são remuneradas, em média, três vezes superior aos hospitais filantrópicos). Ao final, as instituições alertam a situação calamitosa em que se encontram, reiterando ser esta decorrente da insustentável defasagem das tabelas de contraprestação do SUS, que levará, inexoravelmente, ao fechamento de hospitais filantrópicos essenciais à rede e, consequentemente, a paralisação dos serviços de assistência à saúde e de proteção à vida. Após os debates, os presentes formularam deliberações e propostas assim registradas: 1. No que se refere à reforma da Previdência, as instituições afirmaram ser absolutamente contrárias ao atual texto da PEC 287/2016, uma vez que este não apresenta qualquer ressalva quanto às isenções e imunidades das instituições filantrópicas. Diante disto, foi proposta e aprovada pelos presentes a inclusão, no texto da Reforma da Previdência, da ressalva prevista no parágrafo sétimo do artigo 195 da Constituição Federal, para as imunidades e isenções nele previstas das entidades filantrópicas. 2. Sobre o PRÓ-SANTAS CASAS foi consenso entre as instituições presentes que não é mais possível manter-se o atual posicionamento adotado pelo Governo, notadamente quanto à retirada de valores importantes do orçamento para a manutenção das entidades. Assim, ficou decidido que as entidades devem exigir a imediata alocação dos recursos necessários para suportar os subsídios do Governo Federal, no orçamento anual da União, conforme Lei Nº 13.479/2017, sua aprovação no Conselho Monetário Nacional e posterior regulamentação através de decreto. 3. No que se refere ao julgamento das ADI’s 2028, 2036, 2228 e 2621, conhecidas como ADPF, no qual ficou decidido que os requisitos para o gozo de imunidade devem estar previstos em lei complementar, desobrigando as entidades do cumprimento das regras previstas nas Leis 9.732/1998, que modificaram a Lei 8.212/1991; foi destacado que o Governo está diligenciando a edição de uma lei complementar para regulamentar a matéria. Ficou decidido, entre os presentes, que os membros da Comissão deverão acompanhar a tramitação de propostas de lei complementar, buscando liderar o processo legislativo. 4. No que se refere ao atual modelo de financiamento do SUS, no qual os governos estaduais e municipais não asseguram o repasse dos valores suficientes para a remuneração adequada, foi proposta e aprovada a criação de uma Comissão, com no máximo 05 (cinco) integrantes, que ficará responsável por elaborar uma proposta para ser apresentada ao Congresso Nacional, em no máximo 30 dias, para tramitação imediata no dia 21 de março de 2018, em Brasília. Salvador, Bahia, 26 de fevereiro de 2018. Subscrevem o presente documento os representantes de Instituições que respondem pelas entidades de 16 (dezesseis) Estados do Brasil.
Fundação Padre Albino
Publicado em 28/02/2018 por Mauro Assi

HCC DIVULGA FORMAS DE DOAÇÃO NA CITROSUCO

O Supervisor de Relações Institucionais Carlos Sangiorgi apresentou o projeto do Hospital de Câncer de Catanduva/HCC neste dia 27 de fevereiro na empresa Citrosuco, em Catanduva. O projeto HCC foi apresentado durante reunião sobre segurança realizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes/CIPA daquela empresa para 280 funcionários, que foram informados sobre as formas de contribuição, principalmente através da conta de energia elétrica e pelo telemarketing.
Fundação Padre Albino
Publicado em 27/02/2018 por Mauro Assi

ALUNA DE ENFERMAGEM FAZ INTERCÂMBIO NO CANADÁ

A aluna do curso de Enfermagem da UNIFIPA Jéssica Pagotto Manzano participou de intercâmbio de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018 na cidade de Toronto, no Canadá. A iniciativasurgiu após participar de evento científico internacional com docentes em junho de 2017. Jéssica disse que decidiu fazer esse intercambio para adquirir mais conhecimento da língua inglesa e poder aplicar esse conhecimento nos projetos dos quais faz parte no curso de Enfermagem da UNIFIPA. “Não posso deixar de mencionar que tive total apoio e muitas orientações da professora Giovana Gonçalves Vidotti e da coordenadora Maria Cláudia Parro. Se não fosse pelo apoio e orientações que recebi delas eu não teria realizado esse intercâmbio”, disse. A aluna ressaltou que gostou muito da experiência. “Quando me diziam que a experiência de intercambio é inexplicável e inesquecível eu não entendia, mas hoje eu entendo; é realmente incrível”, finalizou.
Enfermagem
Publicado em 27/02/2018 por Mauro Assi

AGRONOMIA DA UNIFIPA INICIA AULAS DIAS 1º

O novo curso de Agronomia do Centro Universitário Padre Albino – UNIFIPA inicia suas atividades neste dia 1º de março, com aula inaugural às 19h, no Câmpus Sede.O acolhimento será feito pelos professores e coordenador do curso Prof. Dr. João Paulo Ferreira. Na primeira aula, os alunos conhecerão o corpo docente, grade curricular e a estrutura do Centro Universitário.Visita técnica na Fazenda Experimental de Pindorama, cenário para as aulas práticas do curso, está sendo agendada. O coordenador do curso, Prof. Dr. João Paulo Ferreira, é formado em Engenharia Agronômica, mestre e doutor em Sistemas de Produção pela Universidade Estadual Paulista “Júlio Mesquita Filho” UNESP – Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira.Bolsista de pesquisa Capes(2012) com experiência na área de fitotecnia em grandes culturas (cereais e oleaginosas) atua em adubação, fertilidade do solo, nutrição de plantas e tratos culturais. Bolsista de produtividade e pesquisa FAPESP II (2012-2015), trabalha com desempenho técnico em Integração Lavoura-Pecuária (ILP) em sistema de plantio direto com ênfase de pesquisa nos atributos químicos e físicos do solo, nutrição de planta, componentes bromatológicos de forragens em sistema de produção e sucessão de culturas.
Centro Universitário Padre Albino
Publicado em 27/02/2018 por Mauro Assi

EDUCAÇÃO FÍSICA REALIZA OS JOGOS DE INTEGRAÇÃO

O curso de Educação Física – Licenciatura realizou no dia 24 de fevereiro, das 9h às 12h30, no Complexo Esportivo Prof. Ivo Dall’Aglio, no Câmpus Sede da UNIFIPA os Jogos de Integração reunindo alunos dos dois cursos – Licenciatura e Bacharelado. Organizado pelo Prof. Me. Américo Riccardi Vaccari Lourenço com a colaboração da Profª Me. Luciana Leite, os jogos foram disputados em quatro diferentes modalidades esportivas: futsal (masculino), voleibol (feminino), tênis de mesa (misto) e bétia (misto). Aproximadamente 80 alunos de ambos os cursos participaram dos jogos. Todas as equipes ou duplas foram formadas por alunos que estudam em salas diferentes, estimulando o convívio e a socialização entre eles. O resultado final foi este: Futsal masculino Campeã - Equipe Azul - Eyd Kodama (3º ano EDF Licenciatura), Lucas Squincaglia (1º ano EDF Bacharelado), Ayllon Gomes (1º ano EDF Bacharelado), Professor Américo Lourenço e Luís Fernando (1º ano EDF Bacharelado) Vice-Campeã – Equipe Amarela - Jonas Soares Jr (3º ano EDF Licenciatura), Victor Penrol (1º ano EDF Licenciatura), Matheus Gallan (2º ano EDF Licenciatura), Gabriel Balduíno (3º ano EDF Bacharelado) e Vitor de Souza (1º ano EDF Bacharelado). Voleibol Feminino Campeãs – Gabrieli Alio (2º ano EDF Bacharelado), Letícia Lima (2º ano EDF Bacharelado), Luísa Righini (2º ano EDF Bacharelado), Ana Letícia (3º ano EDF Licenciatura), Nathélia Stephanie (3º ano EDF Licenciatura). Vice-Campeãs – Maria Sara (1º ano EDF Licenciatura), Raiane (1º ano EDF Bacharelado), Lorena (2º ano EDF Licenciatura), Maitê (2º ano EDF Bacharelado), Giovana (1º ano EDF Licenciatura) e Camila (1º ano EDF Bacharelado) Tênis de Mesa Campeão – João Vitor Ozana Bétia Campeões: Eyd Kodama (3º ano EDF Licenciatura) e Prof. Américo Lourenço
Educação Física - BachareladoEducação Física - Licenciatura
Publicado em 27/02/2018 por Mauro Assi

MISSA CELEBRA DOIS ANOS DA CAMPANHA PELO HCC

A Fundação Padre Albino celebrou no último dia 26 de fevereiro, às 19h30, na Catedral Nossa Senhora Aparecida, missa de agradecimento pelo segundo ano da campanha de captação de recursos para o término do Serviço de Radioterapia, que proporcionará a instalação do Hospital de Câncer de Catanduva (HCC). A missa foi celebrada pelo pároco da Catedral, Pe. Jonas Pimentel. A equipe de liturgia contou com as participações dos conselheiros da Fundação Joaquim Carlos Martins e Luiz Marcos Garcia e do supervisor de saúde, Dr. Sinval Banhos. Após a comunhão, o Prof. Nelson Lopes Martins, diretor de Captação de Recursos da Fundação, agradeceu a Pe. Jonas pela celebração, entidades, empresas, pessoas físicas e voluntários e voluntárias do HCC pelo resultado da campanha que estava sendo celebrado e disse que o acelerador linear já está no Brasil e nos próximos dias chega a Catanduva. A missa contou com a participação de conselheiros da Fundação, colaboradores e voluntárias do ateliê Amor ao próximo e voluntárias do bem. Nesse período, com o apoio da população de Catanduva e região, foram arrecadados mais de três milhões de reais.
Fundação Padre Albino
Publicado em 27/02/2018 por Mauro Assi

SALA EXTRA DIVULGA APROVADOS

O cursinho pré-vestibular “Sala Extra” do curso de Medicina do Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA disponibilizou na sua página do Facebook a lista de aprovados no processo seletivo realizado nos últimos dias 23 e 24 de fevereiro. As matrículasdevem ser feitasnestes dias 27 e 28 de fevereiro, na Subsecretaria da UNIFIPA, das 18h às 21h. O candidato aprovado deve ter em mãos o original e cópia do RG, CPF, comprovante de matrícula do Ensino Médio ou certificado de conclusão e em caso de bolsa integral em escola particular apresentar documento comprobatório. Em caso do não preenchimento das 40 vagas da primeira chamada será divulgada no dia 28 de fevereiro, após as 21h30, a 2ª chamada com matrículas para 01 e 02 de março. Foram 398 inscritos e 294 prestaram a prova. O gabarito está disponível na página oficial do cursinho. Confira a lista de aprovados em ordem alfabética: 1. Amanda da Cunha Martinez 2. Ana Julia de Andrade 3. Beatriz de Souza 4. Camila Ap. Breguedo da Cruz 5. Daniel Cordoba Pansani 6. Erik Fernando Camilo Medeiros 7. Felipe Parreira 8. Gabriel Turrissi Almeida 9. Gabriela Cristina Saldanha 10. Gabrieli Fagundes de Souza 11. Giovana Martins dos Santos 12. Giovana Scandelai 13. Giovanna Freitas de Lima 14. Guilherme Rocha de Macedo 15. Gustavo Felix Bonani 16. Iago Alves 17. Isabela Otoboni 18. Isabella Brachi Luciano 19. Italo Ortega Fernandes Carneiro 20. Jeiel Gavioli Silva 21. João Henrique Oliveira Tedokon 22. João Paulo Sanitá 23. João Victor Angelo Silva 24. Julia Tedeschi Rocha 25. Juliana Rossi de Oliveira 26. Leticia Bordignon dos Santos 27. Lucas Muller Lourenço da Silva 28. Maicon Douglas Nery 29. Mariana Ap. da S. Barbato 30. Michele Cristina Fernandes 31. Miguel Martins Neto 32. Paola Lourdeiro Alves 33. Paulo Sérgio Ferreira Ramos 34. Rafael Augusto Silva de Souza 35. Raquel Alves de Souza 36. Renan José Rossi Cozon 37. Suely Caroline O. Cruz 38. Thales Mantorini 39. Vithor Mateus Dominici Tamburi 40. Vitoria Heloisa V. de Oliveira
Medicina
Publicado em 26/02/2018 por Mauro Assi

ANIVERSÁRIO SOLIDÁRIO

No dia 30 de janeiro, a querida Julia Montosa Colombo comemorou seu aniversário de forma solidária, resultando em doação de 4 TVs de 32’ para o setor de Quimioterapia do Hospital de Câncer de Catanduva.O HCC agradece a Julia Montosa Colombo por abraçar a vida.#aniversáriosolidário#abreceHCC#lutandocontraocâncer#gratidão
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 21/02/2018 por Marcella Milani

HCC REALIZA MISSA DE CELEBRAÇÃO

A Fundação Padre Albino celebra missa em comemoração ao segundo ano da campanha de captação de recursos para o Hospital de Câncer de Catanduva no dia 26 de fevereiro, às 19h30, na Catedral Nossa Senhora Aparecida. Você é nosso convidado para este momento especial! Venha celebrar conosco!#abraceHCC#gratidão#abraceavida
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 19/02/2018 por Marcella Milani

NESTA BATALHA SÓ EXISTE UM VENCEDOR

Dia internacional de luta contra o câncer infantil
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 15/02/2018 por Marcella Milani

3ª CORRIDA MR. JHUBY: PONTOS DE VENDA

Participe!
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 12/02/2018 por Marcella Milani

BLOCO DA SAÚDE

Neste carnaval, seja um folião consciente!
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 09/02/2018 por Marcella Milani

PEDALANDO CONTRA O CÂNCER DOA RENDA AO HCC

Realizado no dia 12 de novembro de 2017, o segundo evento Pedalando Contra o Câncer teve toda a renda das vendas de camisetas exclusivas revertida ao Hospital de Câncer de Catanduva.O HCC agradece aos organizadores e participantes por abraçar a vida.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 05/02/2018 por Marcella Milani

DIA MUNDIAL DA LUTA CONTRA O CÂNCER

#lutepelavida
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 04/02/2018 por Marcella Milani

CONQUISTAS PARA O HCC E CATANDUVA

Mais uma conquista para a nossa população. Obrigado por todo empenho, Dr. Sinval Malheiros, o HCC, em nome de toda a Fundação, agradece esse apoio.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 25/01/2018 por Marcella Milani

EMPRESAS ABRAÇAM O HCC

A Ponto Natural e a Gastrô Gourmet abraçaram o HCC com a campanha Ponto Solidário. Durante a campanha, que realizada em outubro, novembro e dezembro de 2017, a Gastrô Gourmet produziu porções de meio quilo de fricassê de frango, vendidos na promoção pela Ponto Natural e com renda total para o Hospital de Câncer de Catanduva. O HCC agradece a Ponto Natural e a Gastrô Gourmet por abraçarem a vida.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 25/01/2018 por Marcella Milani

CARINHO E DEDICAÇÃO!

Princípios ativos sem contraindicação!
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 19/01/2018 por Marcella Milani

O HCC AGRADECE O GRUPO "VOLUNTÁRIOS DO BEM" POR ABRAÇAR A VIDA.

Foram realizadas diversas atividades durante todo o ano de 2017, com renda revertida para o Hospital de Câncer de Catanduva.Entre elas: Bike no Role em Urupês; Aniversário solidário do Paulo Marques; Bodas Solidária em Santa Adélia; Aniversário Solidário de D. Teresinha; Tarde do Bem; Ação entre Amigos da Lessô; Feijoada do Bem; Café Colonial em Santa Adélia; Cavalgada do Gui e Ação entre Amigos (sorteio de moto).Obrigada por todo empenho e dedicação!
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 18/01/2018 por Marcella Milani

O ATELIÊ AMOR AO PRÓXIMO ABRAÇOU A VIDA POR MEIO DE AÇÃO DE NATAL.

Em 2017 o grupo de voluntárias, com os trabalhos mais lindos e delicados, em peças artesanais, reverteram ao HCC o valor de R$55.380,00. Obrigada, meninas por todo o empenho e dedicação!
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 18/01/2018 por Marcella Milani

TROQUE MOEDAS POR VIDAS!

Com certeza você já deve ter visto um de nossos cofrinhos disponíveis pelos estabelecimento de Catanduva e região, não é mesmo? Pois é, esses cofrinhos e as moedinhas que neles são depositadas salvam muitas vidas!!!Então, continue doando e colaborando com o HCC. Qualquer centavo já faz a diferença! E atenção proprietários e funcionários de estabelecimentos que ainda não possuem um Cofrinho HCC. Participe! Solicite seu cofrinho... nós contamos com essa ajuda especial
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 18/01/2018 por Marcella Milani

3ª CORRIDA MR. JHUBY

E aí? Vou te fazer uma proposta... que tal correr em prol do Hospital de Câncer de Catanduva, no dia 18 de fevereiro?É isso mesmo, estão abertas as inscrições da 3ª Corrida Mr. Jhubi, em que 100% do valor arrecadado será revertido ao HCC!Bora participar?
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 17/01/2018 por Marcella Milani

A AGÊNCIA GALGO ABRAÇOU A VIDA COM AÇÃO PARA SEUS CLIENTES.

Ao invés de presentear com brindes corporativos, a agência decidiu doar o valor que seria gasto com cada brinde ao Hospital de Câncer de Catanduva e presenteou seus clientes com um cartão feito especialmente para a ação. O HCC agradece a Agência Galgo por abraçar a vida.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 16/01/2018 por Marcella Milani

A PIUKA ABRAÇOU A VIDA ATRAVÉS DA CAMPANHA AMOR AO PRÓXIMO.

Durante a campanha, todas as vendas do kit colar + brinco ou pulseira ajustável “Amor ao Próximo” tiveram 60% do valor revertido para o Hospital de Câncer de Catanduva. O HCC agradece a Piuka por abraçar a vida.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 16/01/2018 por Marcella Milani

GANHADORA DA CAMPANHA DO SHOPPING DOA CARRO AO HCC

O Garden Shopping Catanduva promoveu campanha de Natal pela qual a cada R$ 50,00 em compras os clientes tinham direito a um cupom para participarem do sorteio de um Renault Kwid 0 km no final da promoção. O sorteio foi realizado no dia 26 de dezembro, nas dependências do Garden Shopping e a vencedora foi a Srª Aparecida de Lourdes C. Maiorano, que decidiu doá-lo ao Hospital de Câncer de Catanduva/HCC, segundo ela, para contribuir para o término da obra que vai ajudar muitos pacientes de Catanduva e região.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 12/01/2018 por Marcella Milani

PIUKA FAZ CAMPANHA PROL HCC

Os jovens empresários Ana Flávia e Leonardo Bizari Mei, proprietários da loja Piuka (gruta de pedra em latim), doaram R$ 6.500,00 para o Hospital de Câncer de Catanduva, fruto de campanha realizada no final de 2017 pelo grupo, que tem lojas em Catanduva, Rio Preto, Ribeirão Preto e Campinas. - Decidimos criar duas peças, informou Ana Flávia. A pulseira “Amor ao próximo” e o “Conjunto do bem”, formado por brinco e colar, com detalhes na cor rosa, já que estávamos em pleno Outubro Rosa e nossos produtos são para as mulheres. Após aprovação da campanha pelo HCC, continua ela, os produtos foram divulgados nas mídias sociais da Piuka, distribuídos nas lojas do grupo, assim como comercializados via internet.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 12/01/2018 por Marcella Milani

ROBERTO RODEIO SHOW DESTINA MAIS DE R$ 12 MIL AO HCC

O Hospital de Câncer de Catanduva recebeu nessa semana uma doação especial: R$12.350 arrecadados pela Prefeitura de Pindorama, durante o Roberto Rodeio Show realizado em novembro de 2017. O valor revertido ao HCC foi referente às vendas de ingressos cobrados durante o primeiro dia de evento. E para a nossa surpresa, no último dia do Rodeio, durante o Desafio do Bem, os organizadores arrecadaram, junto ao público, mais R$1.055, também doados ao nosso Hospital.Prefeitura de Pindorama, organizadores do Roberto Rodeio Show e todos que participaram dessa linda ação, o HCC agradece todo o apoio e carinho dedicado.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 12/01/2018 por Marcella Milani

ACELERADOR LINEAR DO HCC CHEGA AO BRASIL

O acelerador linear, aparelho que faz a radioterapia, adquirido pela Fundação Padre Albino para o seu Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva no ano passado e embarcado no final de novembro na China, foi desembarcado dia 05 de janeiro último no porto de Santos.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 11/01/2018 por Marcella Milani

VOLUNTÁRIOS DO BEM PRESTAM CONTAS DE 2017.

O grupo Voluntários do Bem, reafirmando seu trabalho com transparência, entregou no dia 03 de janeiro, ao presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, o seu relatório com as atividades realizadas em benefício do Hospital de Câncer de Catanduva/HCC pelos grupos de Catanduva, Santa Adélia e Urupês. As atividades realizadas pelos grupos de janeiro a dezembro – Bike no roleem Urupês: aniversário solidário do Paulo Marques; Bodas solidária em Santa Adélia; aniversário solidário de D. Teresinha; Tarde do Bem; Ação entre amigos da Lessô; Feijoada do Bem; Café colonial em Santa Adélia; Cavalgada do Gui e Ação entre amigos (sorteio de moto) totalizaram R$ 208.409,55. Dr. Amarante agradeceu o trabalho realizado pelo grupo, elogiando todos os eventos, ressaltando, dentre eles, a feijoada. Disse que o up grade (suporte portal vision) do acelerador linear, no valor de US$ 117.000, correspondentes a R$ 385.924,50, adquirido pela Fundação com recursos obtidos através das doações, deve chegar neste dia 08 de janeiro e que o acelerador linear, embarcado no final de novembro na China, deve ser desembarcado no porto de Santos neste dia 05 de janeiro e se tudo correr bem, pois precisa passar pelo desembaraço da alfândega, chega a Catanduva no dia 15 de fevereiro. Pelos Voluntários do Bem de Catanduva estiveram presentes Luciana e Paulo Vargas e Silene Favali, que informaram que o grupo está definindo sua agenda para 2018.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 11/01/2018 por Marcella Milani

COMITIVA DOS AMIGOS DE ELISIÁRIO DOA AO HCC RENDA DE CAVALGADA

Weder Ap. Vespaziano, Lucas Mussignatti Estevam e Alan Augusto Pereira Mariano, integrantes da Comitiva dos Amigos de Elisiário, entregaram na tarde deste dia 09 de janeiro à gerente de Captação de Recursos da Fundação Padre Albino, Angélica da Costa, o resultado da cavalgada realizada no dia 03 de dezembro passado, no ginásio de esportes daquela cidade – R$ 15.118,00, doado ao Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. Da cavalgada participaram aproximadamente 700 pessoas e 350 cavaleiros.
Hospital de Câncer de Catanduva
Publicado em 11/01/2018 por Marcella Milani
HCC Catanduva – R. dos Estudantes, 225
Parque Iracema, Catanduva - SP, 15809-144
HOSPITAL DE CÂNCER DE CATANDUVA - HCC