PÚBLICO VIBRA E ELOGIA SHOW DE EDSON E HUDSON PRÓ HCC

Mauro Assi sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Fundação Padre Albino

O show da dupla sertaneja Edson & Hudson no Clube de Tênis Catanduva dia 03 de agosto último, promovido pela Fundação Padre Albino pró HCC/Hospital de Câncer de Catanduva, foi um sucesso de público e crítica. A turnê “Eu e Você de Novo” agitou os admiradores da música sertaneja. A dupla intercalou grandes sucessos da carreira com canções inéditas e de outros intérpretes e o público cantou e vibrou. Todos saíram elogiando o espetáculo. A organização do show estima a participação de aproximadamente 1.500 pessoas, sendo que os funcionários da Fundação não pagaram ingresso.

 

“Achei a iniciativa da Fundação maravilhosa em presentear Catanduva com um show maravilhoso e ainda em prol de uma grande e generosa causa  que é o HCC. O catanduvense prestigiou e saiu satisfeito do show, organizado com tanta maestria. Acredito que futuramente a Fundação poderia pensar em eventos desse gênero para angariar recursos  e ampliar ainda mais a visibilidade do HCC, pois Catanduva é receptiva e ainda carece de eventos desse nível”, disse o jovem empresário Leonardo Mei. O presidente do Sincomércio, Ivo Pinfildi Junior, também elogiou o evento. “Gostei muito do show; me surpreendeu positivamente”.

 

A apresentação musical teve início às 23h00, mas antes, às 21h00, foram homenageados funcionários da Fundação Padre Albino com a medalha dos 100 anos, instituída para ser entregue antes da realização do show. A escolha para o recebimento da medalha, portanto, foi feita entre os que participaram do show a partir da proporcionalidade do total de funcionários de cada Departamento da Fundação e os nomes indicados por cada gestor. Os critérios para a escolha foram tempo de serviço, assiduidade, dedicação, comprometimento, respeito e profissionalismo. A entrega da medalha seria surpresa para o funcionário, que foi informado apenas do horário de início da solenidade. No entanto, muitos não compareceram e deixaram de recebê-la.

 

            Das 100 medalhas previstas foram entregues, pelo Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, pelo Dr. Nelson Jimenes, reitor da UNIFIPA, pelo diretor Luiz Marcos Garcia e pelos conselheiros Natalin Antonio Natalício e Vanderlei Carlos Facchin, para Coordenadoria Geral/Centro de Serviços Compartilhados: Lilian Pet Hosina; Marcelo Aparecido Godoy Ruiz; Carlos Henrique Ornellas; Fernando Ruiz Cegatti; Vânia Regina Catóia Garcia e Isaias Romana. Recanto Monsenhor Albino: Edna Rodrigues dos Santos Napedri. Centro Universitário Padre Albino – UNIFIPA: Marisa Centurion Stuchi. Colégio Catanduva: Roselei Adriana Baio e Angélica Garcia Andreotti Rodrigues. Ambulatório Médico de Especialidades/AME Catanduva: Jaqueline de Cássia Brambila Juvenazzo. Hospital Padre Albino: Vitor Afonso da Silva; Luciana Maria Dias Ulian; Josiani Gabas; Izabel de Fátima Luizon; Evandro Pedro; Sebastiana Forcato; Andreia Ferraz Gomes; Alice Pedrassoli Neto. Hospital Emílio Carlos: Cleusa Staropoli; Roseli Deriguido Baldo; Margarida Vergínia Bordignon de Mello; Marilete Karen Luzia Pedreiro Biagi; Sonia Maria Fávero Portilo; Sueli Aparecida Furtado Romana; Lourdes de Fátima Ferreira de Castro; Aparecida Donizeti Pereira da Cruz Fiomano; Cássia Maria de Souza; Zilda Perpétua Prioli; Pedro Luiz Ferraz do Amaral; Kely Cristina de Souza; Francisco Favato; Nádia Barakat Kato; Luzia Eleutério da Silva e Fábio Joaquim. Padre Albino Saúde: Roseli Batista de Lima; Crislaine de Almeida Brandão Bellini e Amanda Merlei Jacob Zerbinatti.

 

            O funcionário Marcelo Ruiz agradeceu a medalha e se disse feliz por fazer parte da instituição. Amanda Jacob Zerbinatti adorou tudo: “desde a entrada, o espaço muito bom para quem ficou na pista, o som”. Segundo ela, “não tenho o que reclamar; só elogiar”. Fernando Cegatti ficou muito feliz em ser lembrado na entrega das medalhas e ressaltou o ambiente, “muito agradável”. A Profª Roselei Baio ficou lisonjeada com a premiação. “Estou na Fundação Padre Albino desde 1989 e a considero minha segunda casa. Toda conquista que tive até hoje agradeço à Fundação Padre Albino e ao Colégio Catanduva. Gostaria de compartilhar essa medalha com todas as minhas colegas de trabalho. Meu muito obrigada”.

 

O evento fez parte da programação dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva e contou com o apoio de Fernando Pereira Produções, Ondas Verdes, Band FM, Rede Central, Banca do Rossi, Janja Modas e Padre Albino Saúde.

 

 

 

 

 

           

           

 

Galeria


HCC Catanduva – R. dos Estudantes, 225
Parque Iracema, Catanduva - SP, 15809-144
HOSPITAL DE CÂNCER DE CATANDUVA - HCC