COMEÇAM OS TRABALHOS PARA INSTALAÇÃO DO ACELERADOR LINEAR DO HCC

Mauro Assi quarta-feira, 06 de junho de 2018

Fundação Padre Albino

        Técnicos da empresa Varian Medical System Inc. estarão em Catanduva nesta sexta-feira para, a partir das 8h00, acompanharem a concretagem da base onde será instalado o acelerador linear do Serviço de Radioterapia/Hospital de Câncer de Catanduva/HCC. A previsão de término é para as 13h00.

            De acordo com o engenheiro civil da Fundação Padre Albino Edegar Durigan Junior, enquanto o concreto seca, o que demora 28 dias, será feita a instalação elétrica, o piso, o forro e o acabamento da “casa mata”, trabalho estimado para 45 dias, quando, então, técnicos da Varian retornam para a instalação do acelerador linear.

            O contrato de compra do acelerador linear, no valor total de $1.017 (um milhão e dezessete mil dólares), sendo $900.000 (novecentos mil dólares) do acelerador linear e $117.000 (cento e dezessete mil dólares) do Portal Vision, acessório ao equipamento, foi assinado pela Fundação Padre Albino no dia 30 de março de 2017, em São Paulo/SP, na subsidiária brasileira da Varian.

            O equipamento, embarcado no final de novembro do mesmo na China, foi desembarcado dia 05 de janeiro último no porto de Santos e transferido para o porto seco, em Barueri, para os trâmites burocráticos para sua liberação, o que acabou acontecendo somente no mês de maio. O acelerador linear chegou a Catanduva no dia 15 de maio e num ato de prestação de contas à população, que colaborou intensamente nas campanhas de arrecadação de recursos para o HCC, a Fundação Padre Albino fez carreata pela cidade com o equipamento.

O presidente da Diretoria Administrativa da Fundação, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, disse que agora só falta a liberação de R$ 2 milhões, já publicada no Diário Oficial do Estado de 07/04/18, mas ainda não creditada na conta da instituição. Para o término da infraestrutura do Serviço de Radioterapia faltam ainda os serviços complementares de instalação e acessórios para o acelerador linear, que está sendo iniciado, aquisição do mobiliário, paisagismo da área externa, comunicação visual, informática e estrutura metálica para interligação entre o Serviço e o Hospital Emílio Carlos.

 

O Serviço de Radioterapia terá capacidade para atender de 100 a 120 pacientes/dia através do SUS, convênios e particulares.

 Foto: O acelerador chegou dia 15 de maio em Catanduva.

 

 

           

           

 

HCC Catanduva – R. dos Estudantes, 225
Parque Iracema, Catanduva - SP, 15809-144
HOSPITAL DE CÂNCER DE CATANDUVA - HCC