SINO RETOMA ROTINA DEPOIS DE 2 MESES SEM SOAR

Marcella Milani sexta-feira, 12 de junho de 2020

Hospital de Câncer de Catanduva

A quarentena impossibilitou até o soar do Sino da Esperança no Hospital de Câncer de Catanduva, mas o tratamento nunca parou. Após mais de dois meses sem tocar, Paulo César Boni, 47 anos, fez soar o sino nos corredores do HCC no dia 9 de junho, ao concluir uma das etapas na luta contra o câncer: a sua 28ª sessão de radioterapia no combate à doença.

 

 

“Agradeço por todo o carinho e pelo atendimento que recebi aqui. Meu tratamento foi colocado nas mãos de Deus e me sinto muito bem em concluir mais essa etapa”, saiu agradecido, o morador de Vila Roberto, ao lado da filha.  

Galeria


HCC Catanduva – R. dos Estudantes, 225
Parque Iracema, Catanduva - SP, 15809-144
Tel: 0800 2004 222
HOSPITAL DE CÂNCER DE CATANDUVA - HCC